Download
anos 80 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Anos 80 PowerPoint Presentation

Anos 80

152 Vues Download Presentation
Télécharger la présentation

Anos 80

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Anos 80 Os artistas que se descaram nos anos 80 se expressaram através dos meios consagrados: pintura, desenho, gravura e escultura, caracterizando uma volta aos suportes tradicionais. O marco artístico desse período foi a exposição ocorrida em 1984, na Escola do Parque Lage (RJ), Como vai você, Geração 80?. Tornaram-se artistas conhecidos nomes como Leonilson, Beatriz Milhazes, Daniel Senise, Leda Catunda...

  2. Beatriz Milhazes Nasceu no Rio de Janeiro, em 1960. É pintora, gravadora, ilustradora e professora. Tem como característica a pesquisa de novas técnicas e materiais.

  3. Beatriz Milhazes

  4. Anos 90 Os anos 90 revelaram poéticas pessoais de difícil rotulação. Permaneceram as produções de caráter conceitual, de objetos, instalações, performances, a incorporação de objetos cotidianos, os meios tradicionais (pintura, escultura, gravura, todos misturados), vídeos, fotografia e experimentações no campo da ciberarte.

  5. Tunga Como você materializa nas suas obras conceitos que o inspiram, como a filosofia e a poesia?Muitas vezes nas coisas mais banais você é capaz de desvelar coisas surpreendentes que revelam algo sobre você mesmo, sobre a experiência que você tem com elas ou sobre o mistério que elas trazem embutido e que desprezamos, o que torna nossa vida muito mais pobre. Enriquecer a vida é intensificar as percepções do que acontece entre nós e o mundo.http://revistatrip.uol.com.br/revista/194/paginas-negras/tunga.html Tunga doma sua obra Cristalino

  6. Efrain Almeida Cria esculturas Que trazem grandes Reminiscências da arte popular.

  7. Imaginário nordestino e contos de fadas misturam-se nas obras de escala reduzida, esculpidas manualmente pelo próprio artista. “São esculturas pequenas, como flashes de memória em que as imagens vão ficando pequenininhas”, diz Almeida. Dispostos no mesmo espaço estão duas coelhas adornadas com vestidos de tecido cor de rosa, uma série de trinta e dois pintinhos e três cabritas –formando uma fauna congelada em uma cena silenciosa, carregada de lirismos, simbolismos e certo tom de melancolia. http://www.fortesvilaca.com.br/exposicoes/2007/69-paisagem

  8. Efrain Almeida

  9. Rosângela Rennó Suas obras constituem um discurso sobre identidade, memória e poder; as imagens recontextualizadas e os textos anônimos de seu projeto Arquivo Universal introduzem novas versoes, atemporais, de histórias de uma humanidade anônima e sem voz. http://www.colecaopirellimasp.art.br/autores/163/obra/575

  10. Rosângela Rennó, Série Vulgo

  11. Ciberarte São formas de manifestações artística que utilizam tecnologia eletrônica como material base para construção das obras.