Download
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
A Governança de TI e o uso dos Modelos de Referência PowerPoint Presentation
Download Presentation
A Governança de TI e o uso dos Modelos de Referência

A Governança de TI e o uso dos Modelos de Referência

83 Vues Download Presentation
Télécharger la présentation

A Governança de TI e o uso dos Modelos de Referência

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Universidade Federal do Rio de Janeiro Grupo de Produção Integrada (GPI) COPPE & Poli UFRJ A Governança de TI e o uso dos Modelos de Referência Heitor Mansur Caulliraux heitor@gpi.ufrj.br Carlos Eduardo C. de Carvalho carlos.eduardo@gpi.ufrj.br Carolina Thomé de Abrantes carolina.abrantes@gpi.ufrj.br Outubro, 2009

  2. A Governança de TI “Definimos governança por identificar os níveis de tomada de decisão e os frameworks de responsabilidade para incentivar o comportamento desejável quanto ao uso da TI.” Peter Weill and Richard Woodham, MIT Sloan Center for Information Systems Research “Um estrutura efetiva de governança é o fator decisivo para que se consiga obter valor por meio da TI” Alinhamento Estratégico Criação/Entrega de Valor Governança de TI Gestão de Riscos Medição da Performance Gestão dos Recursos Estrutura de Governança proposta pelo CobiT 4.1

  3. A Governança de TI

  4. Os Modelos de Referência ISO/IEC 20.000 ISO/IEC 27.002 RUP O sucesso na adoção de melhores práticas em TI requer uma compreensão de suas diferenças e a percepção do potencial ganho com a combinação entre os variados modelos. (BRITTAIN et al, 2008).

  5. Information Technology Infrastructure Library Apresentação • O IT Infrastructure Library é um conjunto de melhores práticas que busca auxiliar as organizações a construir um framework para o Gerenciamento de Serviços de TI; • Enquanto uma biblioteca de melhores práticas, o ITIL reconhece que não há solução universal para as organizações; • O ITIL traz recomendações e não regulamentações -> Busca ser um ponto de partida para a reorientação interna, através do princípio de “adotar e adaptar” • Apresenta uma abordagem integrada e baseada em processos

  6. Information Technology Infrastructure Library O Modelo Service Strategy Estratégia de Serviços Economia de Serviços Service Design Service Transition Service Operation G. Catálogo de Serviços G. da Mudança G. de Incidentes G. Níveis de Serviço G. de Eventos G. da Configuração G. Capacidade G. de Problemas G. da Liberação G. Disponibilidade Preenchimento das Requisições G. Continuidade G. do Acesso G. Segurança da Informação G. Fornecedores Continual Service Improvement Medição dos Serviços Melhoria Contínua dos Serviços

  7. Information Technology Infrastructure Library Cenários Adoção do ITIL no Brasil Fonte: Computerworld, 2006

  8. Information Technology Infrastructure Library Cenários • Percentual de empresas adotando as melhores práticas do ITIL: Utilizando o resultado de novembro de 2007, tem-se que apenas 15% das empresas entrevistadas não possui nenhum planejamento para adoção das melhores práticas do modelo. Fonte: Gartner, 2008

  9. Information Technology Infrastructure Library Cenários • Principais desafios encontrados; Dentre os possíveis desafios que as empresas entrevistadas apontaram em relação à implementação de práticas do ITIL, a resistência às mudanças na cultura organizacional foi apontada como a principal Fonte: Gartner, 2008

  10. Information Technology Infrastructure Library Cenários • Motivação para implementar processos do ITIL ; Pelo mesmo estudo, a maioria das empresas entrevistadas (aproximadamente 55%) responderam que a principal motivação para a implementação é a melhoria na qualidade dos serviços prestados. Fonte: Gartner, 2008

  11. Control Objectives for Information and related Technology O CobiT é um framework de governança de TI que atua no alinhamento dos objetivos da TI com os objetivos do negócio, estabelecendo controles para avaliação da maturidade dos processos. Alinhamento Estratégico

  12. Control Objectives for Information and related Technology MONITOR AND EVALUATE PLAN AND ORGANISE O CobiT é composto por quatro grupos de processos, representando o ciclo de vida dos serviços de TI, como ilustrado na figura ao lado. DELIVER AND SUPPORT ACQUIRE AND IMPLEMENT

  13. Control Objectives for Information and related Technology Focos da Governança de TI Régua de Maturidade Objetivos de Controle Alinhamento - Objetivos

  14. Control Objectives for Information and related Technology Empresas entrevistadas, pelo setor: IT Global Status Report – 2008 Fonte: ITGI Empresas entrevistadas, pelo tamanho: Responsáveis por responder ao questionário, por cargo na organização:

  15. Control Objectives for Information and related Technology IT Global Status Report – 2008 Fonte: ITGI O Valor Percebido da TI, por setor (2007):

  16. Control Objectives for Information and related Technology IT Global Status Report – 2008 Fonte: ITGI Média de Maturidade das Empresas:

  17. eSCM e – Sourcing Capability Model • O eSCM: • Melhores práticas para o bom desempenho na prestação e aquisição de serviços • Objetivos: • Entregar e receber o prometido e acordado • Aumentar a previsibilidade, a capacidade de entrega • Os modelos: • Modelo para o Prestador de Serviços: eSCM-SP – Service Provider • Modelo para as Organizações Clientes: eSCM-CL – Client Organization • Único modelo de reconhecimento internacional voltado exclusivamente às questões de Sourcing.

  18. eSCM e – Sourcing Capability Model Dimensões do eSCM-SP

  19. eSCM e – Sourcing Capability Model • Distribuição de Práticas nas dimensões do modelo (ciclo de vida do relacionamento de Sourcing, área de capacitação e nível de capacitação)

  20. CapabilityMaturityModelIntegration • A versão atual do CMMI (versão 1.2) apresenta três modelos: • CMMI for Development (CMMI-DEV) publicada em agosto de 2006. • Dirige-se ao processo de desenvolvimento de produtos e serviços de software. • CMMI for Acquisition (CMMI-ACQ) publicada em novembro de 2007. • Dirige-se aos processos de aquisição e terceirização de bens e serviços. • CMMI for Services (CMMI-SVC) publicada no início de 2009. • Dirige-se aos processos de empresas prestadoras de serviços.

  21. ISO/IEC 20.000 • A ISO/IEC 20.000 é a norma ISO para certificação de empresas no Gerenciamento de Serviços de TI, com base nas melhores práticas da ITIL • International Standard – ISO/IEC 20.000 • Information technology — Service management — Part 1: Specification • Information technology — Service management — Part 2: Code of practice Aplicações da ISO 20.000 • Promover a adoção de uma abordagem por processos na organização de TI • Alinharserviços de TI àsnecessidades do negócio • Demonstrar a qualidade dos serviços de TI • Reduzircustosatravés de estruturasotimizadas e transparentes • Estabelecer cultura de melhoria contínua na organização • Cumprirrequisitoscontratuais • Reduzir a exposiçãooperacional a riscos

  22. Encaminhamentos Futuros: • Pesquisas no setor de Tecnologia da Informação nacional, com vistas a formação de um panorama sobre a governança de TI nas empresas brasileiras. • Pesquisas sobre a realidade de pequenas e médias empresas frente ao desafio de alinhamento às melhores práticas internacionais. • Formação de conhecimento sobre o valor percebido pelas empresas quanto aos modelos de referência e os reais ganhos provocados pelo alinhamento às melhores práticas. • Aproximação do pensamento acadêmico à realidade do mercado, visando parcerias e iniciativas conjuntas.