O PAPEL DO ESTUDANTE E O PAPEL DO PROFESSOR Ruiz-Madrid (2006) - PowerPoint PPT Presentation

o papel do estudante e o papel do professor ruiz madrid 2006 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
O PAPEL DO ESTUDANTE E O PAPEL DO PROFESSOR Ruiz-Madrid (2006) PowerPoint Presentation
Download Presentation
O PAPEL DO ESTUDANTE E O PAPEL DO PROFESSOR Ruiz-Madrid (2006)

play fullscreen
1 / 17
O PAPEL DO ESTUDANTE E O PAPEL DO PROFESSOR Ruiz-Madrid (2006)
117 Views
Download Presentation
nat
Download Presentation

O PAPEL DO ESTUDANTE E O PAPEL DO PROFESSOR Ruiz-Madrid (2006)

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. O PAPEL DO ESTUDANTE E O PAPEL DO PROFESSORRuiz-Madrid (2006) Apresentação: Geraldo Júnior

  2. A TECNOLOGIA NO APRENDIZADO • A REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA EM NOSSA SOCIEDADE NÃO PODE SER IGNORADA HOJE POR EDUCADORES PARA A ATUAL GERAÇÃO. • COMO NÓS, PROFESSORES DE LÍNGUA, PODEMOS FAZER UM BOM USO DESSAS FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS PARA ENRIQUECER O APRENDIZADO?

  3. DE ACORDO COM BLIN (1999), ESSAS NOVAS TECNOLOGIAS TEM AJUDADO A CRIAR UM AMBIENTE FAVORÁVEL DANDO MAIS AUTONOMIA PARA OS APRENDIZES. • O PROFESSOR NÃO É MAIS A ÚNICA FONTE DE INFORMAÇÃO E CONHECIMENTO, ELE DEIXOU DE SER O “SÁBIO” PARA SER O “GUIA”. (EASTMENT 1998)

  4. NÃO TEM SIDO FÁCIL PARA MUITOS PROFESSORES ADEQUAR O USO DA TECNOLOGIA EM SALA DE AULA PARA APRENDIZAGEM. • TAL DIFICULDADE TEM SIDO MAIOR AINDA PARA PROFESSORES “ENRAIZADOS” NAS PRÁTICAS TRADICIONAIS DE ENSINO.

  5. NESSE NOVO SEGMENTO, O PROFESSOR TORNA-SE UM FACILITADOR DESENVOLVENDO UM PAPEL DE ASSISTENTE E GUIA ESPECIALIZADO ATRAVÉS DO PROCESSO DE ENSINO/APRENDIZAGEM (VILLANUEVA 1992).

  6. O PAPEL DO PROFESSOR

  7. DIMENSÃO PEDAGÓGICA • PROFESSOR COMO UM PESQUISADOR DO ENSINO DE LÍNGUAS: • Facilitador no processo da aprendizagem; • Assessorar os aprendizes; • Atuar como um “recurso” para eles, um mediador; • Evoluir as qualidades da condição de aprendizagem;

  8. DIMENSÃO TECNOLÓGICA • PROFESSOR COMO UM “INFORMANTE, COMUNICADOR TECNOLÓGICO”: • Examinar as pesquisas exaustivamente, evoluindo a qualidade da aprendizagem; • Fazer a integração correta da informação; • Pesquisar por uma informação específica na internet ou algum outro software; • Relacionar a tecnologia com seu ensino;

  9. PROFESSOR COMO UM “DESENVOLVEDOR E CRIADOR”: • Cuidar da elaboração correta do design didático dos materiais a serem usados; • Criar, customizar softwares e materiais; • Usar ferramentas autorizadas; • Fazer o uso da Internet para publicar seu próprio material na Web;

  10. O PAPEL DO ALUNO

  11. DIMENSÃO PEDAGÓGICA • ASSIM COMO OS PROFESSORES DEVEM ASSUMIR UM NOVO PAPEL DENTRO DE SALA DE AULA, O ALUNOS TAMBÉM DEVE TER NOVAS RESPONSABILIDADES. • COM RELAÇÃO A DIMENSÃO PEDAGÓGICA, OS ALUNOS DEVEM ABANDONAR O PAPEL DE APRENDIZES PASSIVOS E ASSUMIR A RESPONSABILIDADE DO SEU PRÓPRIO APRENDIZADO.

  12. O PROBLEMA PERSISTE NAS ATITUDES DOS ESTUDANTES NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM COMO APONTA TUMPOSKY (1982: 5), MUITOS ESTUDANTES SÃO RELUTANTES EM ASSUMIR TAL RESPONSABILIDADE UMA VEZ QUE FOI ENVOLVIDO O PROFESSOR. • ISSO ACONTECE PORQUE NA MAIORIA DAS VEZES O ALUNO NÃO ESTÁ PRONTO OU NÃO SE SENTE PREPARADO PARA ASSUMIR TANTA RESPONSABILIDADE. MUITAS VEZES ELES NÃO QUEREM ADMINISTRAR SEU PRÓPRIO APRENDIZADO.

  13. DIMENSÃO TECNOLÓGICA • “O DIRETÓRIO GERAL EUROPEU DE EDUCAÇÃO E CULTURA” APONTA QUE OS ESTUDANTES DEVEM ASSUMIR AS NOVAS RESPONSABILIDADES E SABER ESCOLHER SEU PRÓPRIO MATERIAL PARA APRENDIZAGEM. • ALÉM DISSO OS ALUNOS TEM A OPORTUNIDADE DE SELECIONAR E MANIPULAR DADOS DA LINGUAGEM EM MÚLTIPLAS MÍDIAS, QUE FORNECE A ELES UM MATERIAL BRUTO QUE ELES PODEM RECRIAR USANDO SUAS PRÓPRIAS LINGUAGENS E SEUS ESQUEMAS DE ORGANIZAÇÃO.

  14. ESQUEMA DE ESTUDO

  15. ASSIM TEMOS: • “O ALUNO COMO UM SUJEITO AUTÔNOMO” • Aceitar suas responsabilidades para seu próprio processo de aprendizagem; • Tomar decisões em todos os aspectos relacionados no aprendizado de línguas.

  16. “ALUNO COMO PESQUISADOR USUÁRIO DA INFORMAÇÃO COMUNICACIONAL TECNOLÓGICA (ICT)” • Adquirir habilidades tecnológicas (computador); • Usar Internet como fundamento crítico e pedagógico; • Distinguir pesquisas de fundamentos tecnológicos de acordo com sua necessidade de aprendizagem; • Combinar essas pesquisas em seu próprio plano de estudo sob fundamentos pedagógicos.