Download
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
RESUMO DA PESQUISA “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 PowerPoint Presentation
Download Presentation
RESUMO DA PESQUISA “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008

RESUMO DA PESQUISA “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008

93 Vues Download Presentation
Télécharger la présentation

RESUMO DA PESQUISA “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. RESUMO DA PESQUISA “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008

  2. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 PREMISSAS • Pesquisa semelhante havia sido realizada em 2007, pela SBOT em parceria com outra instituição de pesquisa • Público entrevistado deveria ser composto de jovens universitários, de ambos os sexos, que possuíssem habilitação para dirigir automóvel ou motocicleta e hábito de sair com amigos • Esta pesquisa poderia subsidiar ações educativas e tomadas de decisões junto à comunidade médica, formadores de opinião, poder público e demais interessados

  3. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 OBJETO DA PESQUISA Como tem se portado o jovem brasileiro ao volante nas duas maiores cidades do país (Rio de Janeiro e São Paulo), especialmente no que diz respeito à relação entre o consumo de bebidas alcoólicas e direção?

  4. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 METODOLOGIA • Pesquisa quantitativa através de questionários com perguntas fechadas • Realização de entrevistas nas Universidades e imediações, que permitiram, através de conversas informais, análise qualitativa e percepções subjetivas • 20 pesquisadores no Rio de Janeiro e 20 pesquisadores em São Paulo, todos com idade entre 18 e 30 anos. Coleta de dados entre 06 e 07 de novembro de 2008. • Reunião imediatamente posterior a coleta de dados para identificação das percepções • Análise técnica e subjetiva realizada por cientistas sociais e especialistas em educação, saúde e meio ambiente

  5. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 PÚBLICO PESQUISADO / AMOSTRA • 1034 JOVENS UNIVERSITÁRIOS • IDADE ENTRE 18 E 30 ANOS • RIO DE JANEIRO: 517 entrevistados (314 rapazes e 203 moças), presentes nas Universidades: Candido Mendes, Gama Filho e Estadual do RJ (UERJ)‏ • SÃO PAULO: 517 entrevistados (314 rapazes e 203 moças), presentes nas Universidades: MACKENZIE, PUC, UNINOVE, FMU e Oswaldo Cruz. • TODOS OS JOVENS ENTREVISTADOS: • Têm o habito de sair com amigos para se divertir • Possuem habilitação para motorista e/ou motociclista • A AMOSTRA ESTÁ DISTRIBUÍDA (SEXO E ÁREA DO CURSO) CONFORME GRÁFICO A SEGUIR.

  6. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 Total: 1034 entrevistados

  7. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 FAIXA ETÁRIA 18% 82% As entrevistas, realizadas de maneira aleatória, revelam maioria de jovens entre 18 e 24 anos. Proporção semelhante é realidade em todas universidades pesquisadas.

  8. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 TIPO DE HABILITAÇÃO A grande maioria dos entrevistados possui habilitação somente para automóvel, porém, entre os habilitados alguns afirmam não dirigir atualmente. A maior parte dos jovens motociclistas abordados possuem habilitação também para automóvel.

  9. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 ÁREA DO CURSO DE GRADUAÇÃO As entrevistas, realizadas de maneira aleatória, formaram nossa amostra (1034 questionários) com esta distribuição por área do curso de graduação. Nossa percepção revela que os alunos de Exatas são os mais prudentes ao sair para beber com amigos.

  10. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 FREQUÊNCIA QUE SAI DE CARRO COM AMIGOS PARA SE DIVERTIR: 46% A frequência que os jovens saem com amigos é muito variada entre os grupos. Apenas 5 % afirmam sair todos os dias. A maior concentração se dá nos fins de semana (o que inclui a noite de sexta). Entre os 18% que saem menos de 1x por semana, muitos saem eventualmente.

  11. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 COMO AGE AO SAIR DE CARRO PARA SE DIVERTIR COM AMIGOS? 2008 2007 5% 10% 12% 6% 31% 36%

  12. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 COMO AGE AO SAIR DE CARRO PARA SE DIVERTIR COM AMIGOS? Percebemos que os jovens mais cautelosos preferem dirigir o próprio carro a entrar em carro de amigos na volta para casa Mais de um terço (37%) afirmam ir e voltar dirigindo sem beber. Outros (21%) afirmam que dirigem bebendo “pouco”. Somados aos que têm sempre um amigo que deixa de beber por estar dirigindo (21%), temos quase 80% dos jovens em situação de relativa segurança. Em situação de total insegurança estão 10% dos jovens entrevistados, 4% nunca contam com um amigo que não beba e 6% dirigem o próprio carro, mesmo bebendo muito.

  13. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 FREQUÊNCIA QUE ALGUÉM NA RODA DE AMIGOS VOLTA DIRIGINDO MESMO DEPOIS DE BEBER: 2008 2007 26% 31% 31% 12% Ao falar dos outros....O percentual de amigos que dirige após beber sobe para 43% (soma de sempre (15%) com muitas vezes (28%)), baixando o percentual daqueles em relativa segurança para 57%.

  14. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 ALGUÉM DO SEU GRUPO DE SAÍDA/BALADA JÁ ESTEVE ENVOLVIDO EM ACIDENTE, DEVIDO AO USO DE BEBIDA? 38% 62% Coincidentemente, este é o mesmo percentual (57%) dos que não reportam acidentes relacionados a bebidas alcoólicas dentre seu grupo de amigos (não obrigatoriamente os mesmos entrevistados). Vendo por um outro ângulo, podemos dizer que a cada cinco jovens entrevistados, dois reconhecem que seus amigos bebem e dirigem, e se recordam da ocorrência de acidentes relacionados com bebidas entre eles.

  15. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 VOCÊ DIRIGE APÓS TER BEBIDO MAIS DE UM CHOPP OU MAIS DE UMA TAÇA DE VINHO? 31% 36% 33% Voltando a falar de si... Sobre dirigir após beber mais de um chopp ou taça de vinho, voltamos ao percentual de 80% em relativa segurança (48% nunca e 32% raramente)‏

  16. NO CARONA BANCO TRASEIRO DIRIGINDO “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 VOCÊ USA O CINTO DE SEGURANÇA QUANDO ESTÁ... 96% 93% 11% 2007 15% afirmam não usar o cinto no banco dianteiro do carona e 85% não o usam no banco traseiro. Alguns dos informantes que negaram o uso de cinto no banco traseiro fizeram ressalvas quanto às crianças e a situações como o transporte em vans, casos em que fazem questão do uso do cinto.

  17. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 AS CAMPANHAS DOS ÚLTIMOS ANOS MODIFICARAM SEU COMPORTAMENTO QUANTO À BEBIDA E DIREÇÃO? Um terço dos entrevistados não modificaram em nada seus hábitos, parte desses porque não tinham muito a modificar (não bebem ou já estão conscientes dos riscos nestas situações e se previnem). Há, no entanto, aqueles que não se sensibilizaram com as campanhas, e somente mudarão seus hábitos, se o fizerem, pelo amadurecimento natural ou por fatores externos

  18. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 A “LEI SECA” MODIFICOU SEU COMPORTAMENTO QUANTO À BEBIDA E DIREÇÃO? Mesmo com mudanças na legislação, existem aqueles que não se mostram dispostos a nenhuma mudança no curto prazo, seja por campanhas, seja pela repressão.

  19. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 A “LEI SECA” MODIFICOU SEU COMPORTAMENTO QUANTO À BEBIDA E DIREÇÃO? Aproximadamente 12% do total de jovens entrevistados, expõem-se e aos outros a sérios riscos de acidentes, independente de campanhas ou lei seca!!!!!!!!!!!

  20. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 CONSIDERAÇÕES FINAIS: • Estes resultados podem estar apontando para uma necessidade de buscar meios mais específicos que alcancem estes jovens mais renitentes. • Alguns jovens buscam dar as respostas “certas”, o que pode aumentar ainda mais o contingente de jovens em situação de extremo risco • Há um expressivo grupo que já não modifica seus hábitos, por não ter o que modificar, outro que oscila seu comportamento entre aquilo que reconhece como o ideal e a realidade • Obviamente, este estudo não pode ser visto como definitivo neste sentido, até por suas limitações, mas aponta tendências que merecem uma especial atenção

  21. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008 RECOMENDAÇÕES: A Katu destaca algumas questões a serem observadas nas futuras investigações: Realizar um próximo processo com maior participação/contribuição do meio acadêmico Garantir periodicidade Revisar estrutura do questionário, acrescentar questões e promover grupos focais (estudos qualitativos)‏ Explorar com maior detalhamento os dados coletados Ampliar o raio de parcerias possíveis de inclusão nesse campo de interesse Rever o plano de comunicação dos resultados alcançados

  22. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008

  23. “COMPORTAMENTO DOS JOVENS NO TRÂNSITO” 2008