Download
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
joa@deinfo.ufrpe.br silvio@cesar.br akom@cin.ufpe.br PowerPoint Presentation
Download Presentation
joa@deinfo.ufrpe.br silvio@cesar.br akom@cin.ufpe.br

joa@deinfo.ufrpe.br silvio@cesar.br akom@cin.ufpe.br

110 Vues Download Presentation
Télécharger la présentation

joa@deinfo.ufrpe.br silvio@cesar.br akom@cin.ufpe.br

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. desenvolvimento de software em indústria, comunidades acadêmicas e científicasuma fábrica de software?... joa@deinfo.ufrpe.br silvio@cesar.org.br akom@cin.ufpe.br

  2. o desenvolvimento sem processo... SISTEMAS SÃO ENTREGUES!! Mas... Acúmulo de Trabalho Descontinuidade de planos Prazos, custos... Estouram Time de heróis Clientes sem atendimento

  3. Produção de Software: histórico • 60´s Fábrica de Software • 70´s Kanbam • 70´s Just In Time • 80´s SIGMA • 90´s CMM • 00´s Fábrica de Software... de novo! • 10´s Fábrica de Componentes? • Open-Source? • Distribuída? Fonte: sixsigmatutorial.com

  4. factories X OSS development X Business... • conjunções e intersecções • métodos e ferramentas • processo • modelos • licenças • vendas

  5. Free Software Engineering: A Field to Explore Gonzáles-Barahona and Robles UPGRADE Vol. IV No. 4 August 2003 http://www.upgrade-cepis.org/issues/2003/4/upgrade-vIV-4.html

  6. Free Software Projects • Nascem como iniciativa isolada e particular • Usuários são co-desenvolvedores • Divulgação “boca-a-boca” • Teste massificado pelos usuários • Gerência de versões é complexa e “bem-definida”

  7. Open Source Projects • (Sun apr 16 00:10:21 BRT 2006)  133,421 projects! • Communications(13469) • Database(5388) • Desktop Environment(2822) • Education(3252) • Formats and Protocols(1292) • Games/Entertainment(12694) • Internet(21951) • Multimedia(11518) • Office/Business(6136) • Other/Nonlisted Topic(2065) • Printing(417) • Religion and Philosophy(274) • Scientific/Engineering(9942) • Security(2494) • Sociology(355) • Software Development(18587) • System(17790) • Text Editors(2436)

  8. Open Source Projects • (Sun apr 22 20:18:32 BRT 2007)  189,827 projects! • (Thu jun 28 06:45:21 BRT 2007)  202,830! • Communications (18979) • Database (7090) • Desktop Environment (3843) • Education (5076) • Formats and Protocols (3014) • Games/Entertainment (17723) • Internet (29002) • Multimedia (15900) • Office/Business (9960) • Other/Nonlisted Topic (2620) • Printing (526) • Religion and Philosophy (341) • Scientific/Engineering (15436) • Security (3350) • Sociology (442) • Software Development (29007) • System (23545) • Text Editors (3275) http://sourceforge.net/

  9. Causas de Descontinuidade de Projetos SW Livre • Falta de interesse, tempo ou motivação • mudança de liderança nos projetos impactam sua continuidade • Code Forking • cada usuário tem acesso ao código e pode alterá-lo e redistribuí-lo sem o conhecimento do líder do projeto http://www.math.uconn.edu/~bass/scdp.pdf

  10. Free Software EngineeringResume • “A Field to Explore” • “is still in its infancy” (2003!) • “How to create free software? Issues: • Classification of free software projects • Creation of a methodology • Methods + classification + models ++ Simulation (intelligent agents) = Free SW Engineering”

  11. A Framework for creating hybrid-open source software communities Srinarayan Sharma et. al. Info Systems (2002), 12.

  12. The OSS model • Three dimensions: • structure, process and culture Division of labour Co-ordination mechanisms Distribution od decision-making Organizational boundaries Informal structure Political structure Legitimate basis of authority Eletronic communication Multicultural community Values: reciprocity, gift giving, reputation, ideology Core assumptions structure culture process

  13. Framework for creating Hybrid-OSS communities Principles: • Community building • Community governance • Shared governance • Membership management • Incentives and rewards • Community infrastructure

  14. Discussion ...  open source communities versus Software Factories? • personal time and autonomy ...  freelancers ...  project-oriented • ... there are several avenues for future research • ... to refine the proposed framework and validate it empirically

  15. fábricas de softwareprincípiosconceitosilusões

  16. fábrica de sw na prática • Operação profissional • Processo de desenvolvimento transparente • Retorno rápido ao cliente • Alta produtividade • Ferramentas e processos padronizados • Alta qualidade • Dados históricos, previsibilidade e análise de risco • Reusabilidade de código [1968 G&E, R. W. Berner] [2003 IEEE Computer Vol.36 Num.3, B. Boehm] [2005 IEEE Software Vol. 22 Num 2, PostModern SW Design] SBQS 2007 (http://www.proqualiti.org.br/sbqs2007/)

  17. Cathedral and Bazaar e Desenvolvimento de Software segundo Eric Raymond, 1997 • Alguns projetos são como Cathedrals • altamente centralizados em poucas pessoas que decidem projeto e implementação • para fazer parte deve-se aceitar as definições • http://catb.org/~esr/writings/cathedral-bazaar/cathedral-bazaar/

  18. Outros são como Bazaars (sw livre) • Sem planejamento detalhado mas orientados! • Linux Kernel (www.linux.org): “hierarchical” • Linus Torvalds, “The Benevolent Dictator” • APACHE Foundation (www.apache.org): “meritocracy” • Para fazer parte você deve ter colaborado continuamente em projetos da fundação • GCC (gcc.gnu.org): “steering Commitee”

  19. Conceitos The factory is an organization inhabited by people engaged in a common effort, work is organized one way or the other, standardization is used for coordination and formalization, and systematization is important, but there will be several options for the design of a particular software factory [Aaen, Botcher, Mathiassen, Software Factories, 1997] http://www.cin.ufpe.br/~in953/papers/Software_Factories_17.pdf

  20. fábricas de software: 4 estratégias... • Japonesa (1981,1987) • SWB – Software Work Bench • Européia (1991,1992) • ISDE – Integrated Software Development Environment • Norte-Americana – experiência produção (1989,1993) • Norte-Americana – níveis de maturidade (1990,1993)

  21. Estratégia Japonesa • Aumento de produtividade e qualidade de desenvolvimento e manutenção • Estratégia baseada em infra-estrutura: física, organizacional e ferramental • Uso de métricas • Metodologia padronizada para todos os projetos • Reuso em todas as fases • Foco em tecnologia

  22. Estratégia Européia • Ambientes integrados de desenvolvimento orientados a cliente (IDEs) • Estratégia orientada a ferramentas: padronização de componentes, adaptação de processo • Sem métricas formais • Metodologia adaptada por projeto • Sem reuso formal • Foco em Tecnologia (Organizacional...ISO-9000)

  23. Estratégia Norte Americana 1 • Baseada em Componentes • Maior eficácia de processos, menos re-trabalho e mais reuso • Estratégia de melhoria contínua baseada na experiencia adquirida • Sem métricas rigorosas • Metodologia adaptada por projeto • Reuso • Sem foco em tecnologia, foco em pessoas! (...Ágeis...XP – Extreme Programming, SCRUM)

  24. Estratégia Norte Americana 2 • Processo eficaz, previsível, confiável e auto-melhorável • Estratégia de melhoria em etapas, níveis de maturidade • Uso de métricas • Metodologia adaptada por projeto • Pouco reuso • Pouco foco em tecnologia (Processos... RUP, CMM...)

  25. ...considerações... The four approaches are important contributions towards this goal. At the same time the approaches individually may lead to unfortunate illusions. Learning from the relative strengths and weaknesses between the approaches may help us avoid becoming victims of these illusions [Aaen, Botcher, Mathiassen, Software Factories, 1997] http://www.cin.ufpe.br/~in953/papers/Software_Factories_17.pdf

  26. ...e ilusões... fábrica de software≠produção em massa padronização, formalização, especialização, controle ≠ produção de software com qualidade o que fazer?

  27. building a software factory...[Making the software factory work... 1990-1999]http://www.cin.ufpe.br/~in953/papers/MakingTheSoftwareFactoryWorkLessonsFromADecadeOfFactory.pdf • to define a detailed software development process • staff members were given extensive training in the new process • process specification separated from process execution • data collection and analysis • interviews • software process assesments • process attributes for each project • configuration management system • project tracking data

  28. o PROCESSO é complexo! (c) MERX LLC

  29. processo é complexo... Ex.: Ampla Prospecção Contrato Execução Entrega Encerramento

  30. Funciona para SW Livre? • Adaptação de Processos de 1990? • 2007! Distributed Development... • O que fazer? • Ler • Praticar • Montar experimentos reais e avaliar...

  31. linhas-mestrasIN953 – Engenharia de Software • Process Implementation – Software Factories • F/L/OSS • OSS Business Model • Scientific Relevant Projects • Business & Humanitas

  32. or, We’ve documented all our processes—what’s left to do? Process Implementation Sarah Sheard Software Productivity Consortium Thursday, July 3, 2003

  33. So what does it take? 1. Manage as a project 2. Obtain management support 3. Establish policy 4. Establish measurement baseline 5. Train employees and managers 6. Tailor processes 7. Maintain process assets 8. Ensure processes are being used 9. Learn Lessons 10. Improve Processes 11. Appraise the organization

  34. Process Implementation Requires Everyone! • Senior management sets the tone and ensures other managers make PI happen • SEPG drives the process improvement program to its goals • Projects review processes, tailor standard processes, use their tailored versions, and recommend improvements • QA audits independently

  35. What is institutionalization? No, not that kind!

  36. MDA e SPL, referências... • MDA • http://www.omg.org/mda/ • http://modeldrivenarchitecture.esi.es/mda_publicDocuments.html • SPL • http://www.sei.cmu.edu/productlines/

  37. e há engenharia para vendas? Há sim… http://www.engenhariadevendas.com.br/ http://novateceditora.com.br/livros/vendendosoftware/

  38. e as pessoas?... (c) MERX LLC

  39. MASLOW

  40. Trabalho em Equipe O trabalho em equipe é um processo baseado em princípios e valores que estão claramente definidos e entendidos. O verdadeiro trabalho em equipe é um processo contínuo interativo de um grupo de pessoas aprendendo, crescendo e trabalhando interdependentemente para alcançar metas e objetivos específicos no suporte a uma missão comum.

  41. ORGANIZAÇÕES TRADICIONAIS: Realizam tarefas funcionais; Pessoa em segundo plano; O controle é a meta; Visão a curto prazo; Informação, formação, e incentivos, não são importantes; Repetem os ciclos de reestruturação e regressão. ORGANIZAÇÕES BASEADAS EM HABILIDADES: Realizam bem, as tarefas com funções cruzadas; As pessoas são valorizadas; A meta é valorizar o que constitui valor para os clientes; Visão a longo prazo; Informação, formação e incentivos, são importantes; Criam um padrão de melhoria permanente. ORGANIZAÇÕES ESTRUTURAIS X BASEADAS EM HABILIDADES

  42. o que “sabemos” aqui? • TODO o pressman ou sommerville (Software Engineering) • ou seja: • requisitos, especificações, refinamento, validação e verificação, métodos, técnicas, linguagens e ferramentas, componentes, reutilização, manutenção, modelagem de processos, qualidade, reengenharia,, verificação, validação e teste... além de programação JAVA++!... • {faltaria o quê?}

  43. how IN953 works? http://www.cin.ufpe.br/~in953/ silvio jones alan

  44. no slaves, but... Horas de estudo Horas de trabalho Cenários reais Projetos reais Inovações Oportunidades Negócios Experiências Publicações

  45. Teams Internal Evaluation Software Factories infrastructure and organization Software Factories Models External Evaluation Software Lifecicle REAL Operation! PILOT Operation! Business Model 2nd Month 1st month! Building Software Factories