Download
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
EDUCA O INCLUSIVA PowerPoint Presentation
Download Presentation
EDUCA O INCLUSIVA

EDUCA O INCLUSIVA

206 Vues Download Presentation
Télécharger la présentation

EDUCA O INCLUSIVA

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

    1. EDUCAO INCLUSIVA Prof WALKIRIA GONALVES REGANHAN profwalkiria@hotmail.com

    2. CRONOGRAMA

    3. Educao para todos, alfabetizao e letramento do aluno com necessidades educacionais especiais. Elementos norteadores do processo de interveno educacional.

    4. ALFABETIZAO E/OU LETRAMENTO?

    5. Dinmica Atividades do letra e vida Tres textos sobre letramento Textos da frase?

    6. Dissociao entre o aprender a escrever e o usar a escrita Expresso letramento. E o que aconteceu com a alfabetizao?

    7. Virou sinnimo de decodificao. Letramento passou a ser o estar em contato com distintos tipos de texto, o compreender o que se l. Isso um retrocesso. No d para aceitar um perodo de decodificao prvio, quele em que se passa a perceber a funo social do texto. Acreditar nisso dar razo velha conscincia fonolgica. (FERREIRO, E. 2003, p. 30)

    8.

    9. Modelo Autnomo Em nossa sociedade, parte-se do princpio de que, independentemente do contexto de produo, a lngua tem uma autonomia (resultado de uma lgica intrnseca) que s pode ser apreendida por um processo nico, normalmente associado ao sucesso e desenvolvimento prprios de grupos mais civilizados.

    10. Modelo Ideolgico Modelo que admite a pluralidade das prticas letradas, valorizando o seu significado cultural e contexto de produo. Rompendo definitivamente com a diviso entre o momento de aprender e o momento de fazer uso da aprendizagem

    11. Estudos lingsticos: descobrir a escrita (conhecimento de suas funes e formas de manifestao) 2)aprender a escrita (compreenso das regras e modos de funcionamento) 3) usar a escrita (cultivo de suas prticas a partir de um referencial culturalmente significativo para o sujeito).

    12. [...] a aprendizagem da lngua escrita envolve um processo de aculturao atravs, e na direo das prticas discursivas de grupos letrados - , no sendo, portanto, apenas um processo marcado pelo conflito, como todo processo de aprendizagem, mas tambm um processo de perda e de luta social. (Kleiman, 2001, p. 271)

    13. ALFABETIZAO o processo pelo qual se adquire o domnio de um cdigo e das habilidades de utiliz-lo para ler e escrever, ou seja: o domnio da tecnologia do conjunto de tcnicas para exercer a arte e cincia da escrita.

    15. EVOLUO DA LEITURA Critrios de Legibilidade Hiptese da quantidade mnima de letras- com poucas letras no se pode ler contagem m (3) Hiptese da variedade de caracteres- MMMM AAAAA = no pode ser lido, so as mesmas letras MANTEIGA= aceito pela criana, por ter letras diferentes, porm ainda no sabe ler Diferenciao de elementos grficos- verificar se a criana da nome aos diferentes contexto grfico (icnicos ou escrito) Relao entre letras e nmeros- distino entre icnico e a notao alfabtica. Reconhecer letras ou nmeros e nome-los

    16. EVOLUO DA LEITURA Critrios de Legibilidade O conhecimento da letras- 1- uma letra reconhecida pelo seu possuidor, pertinncia ao nome de algum conhecido CA de Carolina, P de papai; 2- nomeia de maneira estvel as vogais e consoantes C o cade Carlos; 3- domnio dos nomes corretos de todas as vogais e de algumas consoantes S de Silvia e de Samara; 4- nomeia todas as letras do alfabeto e so capazes, em algumas delas, de indicar o valor sonoro alm do nome

    17. EVOLUO DA LEITURA Critrios de Legibilidade Letras e sinas de pontuao- 1- conhecimento socialmente transmitidos, diferenciao porm assimilados s letras; 2- diferenciao ntida dos sinais de pontuao no mais assimilados s letras ou nmeros, nomeados como sinais ou marcas Orientao espacial da leitura - L da direita para esquerda; De cima para baixo; Manter a continuidade do olho; Relao entre pginas (primeira e segunda de cima para baixo)

    18. Nveis da alfabetizao Hiptese de escrita: Hiptese Pr-silbica: usa-se letra - no estabelece relao entre a fala e escrita Grafismo (fases da garatuja) primeira escrita espontnea Nvel 1- escrita indiferenciada Nvel 2- diferenciao da escrita

    19. Nvel 1- escrita indiferenciada - baixa diferenciao existente entre a grafia de uma palavra e outra

    20. Hiptese Silbica - estabelece relao entre contexto sonoro da linguagem e o contexto grfico do registro - uma letra para cada som Atribuir a cada letra ou marca escrita o registro de uma slaba falada

    21. Nvel 2- silbica com valor sonoro letra para cada som, estabelecendo algum tipo de relao com o som relao grafema fonema

    22. Hiptese Silbico-alfabtica (Brasileiro) comea a acrescentar mais de uma letra para cada som falado (ainda omite algumas letra) Aproxima-se do principio alfabtico, em que os sons da fala so registrado pelo uso de mais de uma letra

    23. Hiptese Alfabtica representa a fala no sistema alfabtico de escrita Realiza anlise sonora dos fonemas das palavras que vai escrever Alcance da legibilidade da escrita produzida compreendida pelos adultos Contedo a ser dominado: regras normativas ortogrficas Psicognese da lngua escrita Emlia Ferreiro e Ana Teberosky

    24. LETRAMENTO Ao exerccio efetivo e competente da tecnologia da escrita denomina-se Letramento que implica habilidades vrias, tais como: capacidade de ler ou escrever para atingir diferentes objetivos

    25. DIMENSES DO LETRAMENTO DIMENSO INDIVIDUAL: O letramento visto como um atributo pessoal, posse individual das tecnologias mentais complementares de ler e escrever. DIMENSO SOCIAL: O letramente visto como um fenmeno cultural, um conjunto de atividades sociais que envolver a lngua escrita, e de exigncias sociais de uso da lngua escrita As duas dimenses devem ser priorizadas

    26. NVEIS DE LETRAMENTO (FERRARO, A. R. 2002) Nvel 1 de LETRAMENTO Mnimo em termos de alfabetizao ler e escrever um bilhete simples Nvel que ainda no assegura a competncia mnima para operar ou praticar no cotidiano, com desenvoltura, a leitura, a escrita e o clculo Salto importante educao e direitos sociais em geral

    27. Nvel 2 de LETRAMENTO 4 srie at a 7 srie do Ensino Fundamental Alcance do domnio da leitura, da escrita e do clculo Permite a pessoa valer-se no dia-a-dia das tcnicas e conhecimentos

    28. Nvel 3 de LETRAMENTO Compreende: todos que tem 8 anos de estudos concludos Ensino Fundamental completo + Ensino Mdio incompleto Mnimo Constitucional = mnimo estabelecido pela Constituio de 1988 Ao terminar Ensino Mdio = mnimo constitucional ampliado

    30. DIREITOS IMPRESCRITVEIS DO LEITOR O direito de no ler O direito de pular pginas O direito de no terminar um livro O direito de reler O direito de ler qualquer coisa

    31. 6.O direito ao bovarismo (doena textualmente transmissvel) 7. O direito de ler em qualquer lugar 8. O direito de ler uma frase aqui e outra ali 9. O direito de ler em voz alta 10. O direito de calar.