Download
vis o din mica do processo de coagula o n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
VISÃO DINÂMICA DO PROCESSO DE COAGULAÇÃO PowerPoint Presentation
Download Presentation
VISÃO DINÂMICA DO PROCESSO DE COAGULAÇÃO

VISÃO DINÂMICA DO PROCESSO DE COAGULAÇÃO

604 Vues Download Presentation
Télécharger la présentation

VISÃO DINÂMICA DO PROCESSO DE COAGULAÇÃO

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. VISÃO DINÂMICA DO PROCESSO DE COAGULAÇÃO Solvente Coagulante Colóide

  2. PROCESSO DE COAGULAÇÃO • Dispositivos hidráulicos • Calhas Parshall • Vertedores retangulares • Malhas difusoras • Injetores

  3. PROCESSO DE COAGULAÇÃOVERTEDORES RETANGULARES

  4. PROCESSO DE COAGULAÇÃOCALHAS PARSHALL ETA CARAGUATATUBA

  5. PROCESSO DE COAGULAÇÃOCALHAS PARSHALL ETA CARAGUATATUBA

  6. PROCESSO DE COAGULAÇÃOCALHAS PARSHALL ETA CARAGUATATUBA

  7. PROCESSO DE COAGULAÇÃOCALHAS PARSHALL ETA CAMPOS DO JORDÃO

  8. PROCESSO DE COAGULAÇÃOCALHAS PARSHALL ETA CAMPOS DO JORDÃO

  9. PROCESSO DE COAGULAÇÃOCALHAS PARSHALL ETA CAMPOS DO JORDÃO

  10. PROCESSO DE COAGULAÇÃO-06/09 • Dispositivos mecânicos • Agitadores mecânicos • Turbinas • Hélice propulsora

  11. SISTEMAS DE AGITAÇÃOESCOAMENTO AXIAL E RADIAL

  12. SISTEMAS DE AGITAÇÃO ESCOAMENTO AXIAL E RADIAL

  13. PROCESSO DE COAGULAÇÃOETA ALTO DA BOA VISTA

  14. PROCESSO DE COAGULAÇÃOETA ALTO DA BOA VISTA

  15. PROCESSO DE COAGULAÇÃOETA ALTO DA BOA VISTA

  16. PROCESSO DE COAGULAÇÃOETA ALTO DA BOA VISTA

  17. PROCESSO DE COAGULAÇÃOETA GUARAÚ (SABESP)

  18. PROCESSO DE COAGULAÇÃOETA GUARAÚ (SABESP)

  19. PROCESSO DE COAGULAÇÃOETA GUARAÚ (SABESP)

  20. PROCESSO DE COAGULAÇÃOETA GUARAÚ (SABESP)

  21. PROCESSO DE COAGULAÇÃOETA RIO GRANDE (SABESP)

  22. PROCESSO DE COAGULAÇÃOETA RIO GRANDE (SABESP)

  23. PROCESSO DE COAGULAÇÃOETA RIO GRANDE (SABESP)

  24. dy dz dx CONCEITO: GRADIENTE DE VELOCIDADE

  25. dy dz dx CONCEITO: GRADIENTE DE VELOCIDADE

  26. dy dz dx CONCEITO: GRADIENTE DE VELOCIDADE G=Gradiente de velocidade (s-1)

  27. CÁLCULO DO GRADIENTE DE VELOCIDADE Agitadores de fluxo axial Agitadores de fluxo radial Fa=força de arraste (N) v=velocidade (m/s) Cd=coeficiente de arraste Ap=área projetada n=rotação (rps) D=diâmetro do rotor (m) P=Potência (W)

  28. CÁLCULO DO GRADIENTE DE VELOCIDADE Agitadores de fluxo axial Fa=força de arraste (N) v=velocidade (m/s) Cd=coeficiente de arraste Ap=área projetada n=rotação (rps) D=diâmetro do rotor (m) P=Potência (W)

  29. SISTEMAS DE AGITAÇÃO ESCOAMENTO RADIAL

  30. SISTEMAS DE AGITAÇÃO ESCOAMENTO RADIAL

  31. SISTEMAS DE AGITAÇÃO ESCOAMENTO AXIAL

  32. SISTEMAS DE AGITAÇÃO ESCOAMENTO AXIAL

  33. SISTEMAS DE AGITAÇÃO ESCOAMENTO AXIAL

  34. UNIDADES DE MISTURA RÁPIDADIMENSIONAMENTO • Gradiente de velocidade  1.000 s-1 Mecanismo de coagulação por adsorção-neutralização • Gradiente de velocidade  300 s-1 Mecanismo de coagulação por varredura • Tempo de detenção hidráulico  30 s

  35. DIMENSIONAMENTO DE CALHAS PARSHALL • Vazão: 1,0 m3/s • Verificação do gradiente de velocidade

  36. DIMENSIONAMENTO DE CALHAS PARSHALL • Seleção da Calha Parshall

  37. DIMENSIONAMENTO DE CALHAS PARSHALL

  38. EQUAÇÃO DE DESCARGA

  39. EQUAÇÃO DE DESCARGA

  40. DIMENSIONAMENTO DE CALHAS PARSHALL • Equação de descarga:

  41. DIMENSIONAMENTO DE CALHAS PARSHALL • Cálculo da largura na secção de medida

  42. DIMENSIONAMENTO DE CALHAS PARSHALL • Cálculo da velocidade na secção de medida

  43. DIMENSIONAMENTO DE CALHAS PARSHALL • Cálculo da energia total disponível

  44. DIMENSIONAMENTO DE CALHAS PARSHALL • Cálculo do ângulo fictício 

  45. DIMENSIONAMENTO DE CALHAS PARSHALL • Cálculo da velocidade da água no início do ressalto

  46. DIMENSIONAMENTO DE CALHAS PARSHALL • Cálculo da altura de água no início do ressalto

  47. DIMENSIONAMENTO DE CALHAS PARSHALL • Cálculo do número de Froude

  48. DIMENSIONAMENTO DE CALHAS PARSHALL • Cálculo da profundidade no final do trecho divergente

  49. DIMENSIONAMENTO DE CALHAS PARSHALL • Cálculo da velocidade no final do trecho divergente

  50. DIMENSIONAMENTO DE CALHAS PARSHALL • Cálculo da perda de carga no ressalto hidráulico