Planejamento Estratégico da Tecnologia da Informação - PowerPoint PPT Presentation

planejamento estrat gico da tecnologia da informa o n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Planejamento Estratégico da Tecnologia da Informação PowerPoint Presentation
Download Presentation
Planejamento Estratégico da Tecnologia da Informação

play fullscreen
1 / 96
Planejamento Estratégico da Tecnologia da Informação
106 Views
Download Presentation
lane
Download Presentation

Planejamento Estratégico da Tecnologia da Informação

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Planejamento Estratégico da Tecnologia da Informação Prof. Eduardo Ramos

  2. Apresentação • Por que aprender Planejamento Estratégico da TI? • Refletir sobre a TI, os sistemas de informação e os objetivos da empresa. Discutir e implementar as melhores práticas da governança da TI. • Estratégia x Operação • Qual o papel da TI na estratégia? • A TI pode gerar vantagem competitiva, ou é um mero suporte?

  3. Apresentação • O material e seu uso: apostila, artigos complementares e slides • Metodologia de avaliação • Apresentação do professor

  4. O Curso • Introdução • Planejamento estratégico. O que é estratégia? Escolas de estratégia. O papel da TI e o alinhamento da estratégia de TI aos objetivos estratégicos do negócio. • TI e vantagem competitiva • TI é estratégica? TI e vantagem competitiva: A abordagem da cadeia de valores. A abordagem de recursos. A abordagem do oceano azul. A abordagem do efeito rede. A abordagem do Balanced Scorecard. • Planejando a TI • Objetivos de negócio e os objetivos da TI. Construindo um plano estratégico para a TI.

  5. O Curso (continuação) • Governança da TI • O que é governança da TI. O modelo de governança da TI. Implementando a governança. • Melhores práticas da Governança da TI • CobiT, Itil, PMP, PMBOK, CMMI, ISOs de segurança, Governança do Outsourcing. As relações entre as melhores práticas.

  6. Introdução

  7. O que é planejamento estratégico? • Qual é o nosso ramo? • Qual será ele? • Qual deve ser? • Planejamento? • Estratégia? Peter Drucker – Management (1974)

  8. O que é planejamento estratégico? • Processo contínuo de, sistematicamente e com o maior conhecimento possível do futuro, tomar decisões atuais que envolvam riscos; organizar sistematicamente as atividades necessárias à execução dessas decisões; e, através de feedback organizado e sistemático, medir o resultado dessas decisões em confronto com as expectativas. Peter Drucker – Management (1974)

  9. O que é planejamento estratégico? • E o que não é planejamento estratégico? • Não é uma caixa de mágicas e técnicas. É raciocínio analítico e vinculação de recursos a decisões. • Não é uma tentativa de eliminar o risco. É compreender os riscos que se assume. Peter Drucker – Management (1974)

  10. “Escolas” de estratégia • Dez escolas,dez maneirasde ver Henry Mitzenberg et al. - Strategy Safari (1998)

  11. Escola de Posicionamento/Processos • Vantagens competitivas são obtidas a partir de um posicionamento único e defensável em uma indústria • Modelo das cinco forças • Um posicionamento único só é realmente alcançado a partir de uma cadeia de valores única • Modelo da cadeia de valores Michael Porter: Estratégia competitiva (1980), Vantagem Competitiva (1985)

  12. Escola de Recursos (RBV) • Diferenciais estratégicos são obtidos a partir da posse de recursos valiosos, raros, inimitáveis e organizados (VRIO) • Recursos como competências essenciais das organizações Edith Penrose, Hamel & Prahalad, Barley

  13. Outras escolas • Escola do aprendizado. • Estratégias emergentes: existe planejamento, ou isso é uma falácia? Estratégia não realizada Estratégia emergente Estratégia deliberada Estratégia pretendida Estratégia realizada

  14. Princípios para uma boa estratégia • Objetivo certo: retorno de longo prazo • Uma proposição de valor única • Uma cadeia de valor única • Saber o que não fazer • Toda a empresa estrategicamente coerente • Manter uma visão contínua Michael Porter: What is Strategy (1996)

  15. Vantagem competitiva • É o que permite à empresa obter margens de lucro superiores. Algo que só ela detém, que ela faz melhor, mais rápido e/ou mais barato que seus concorrentes. • Vantagem competitiva sustentável • Vantagem competitiva temporária • Paridade competitiva • Desvantagem competitiva

  16. Quais os tipos de estratégia clássicos? • Serviço total ao cliente • Diferenciação do produto • Baixo custo / baixo preço • Enfoque • Exemplos?

  17. Trabalho em grupo: SIGs e Estratégias • Siga as orientações abaixo e as que o professor acrescentar e participe ativamente da atividade a ser desenvolvida!

  18. Informação e Vantagem Competitiva

  19. Informação e Vantagem Competitiva • Há uma revolução em andamento, a área de TI é cada vez mais estratégica e menos uma questão técnica. • A razão disso é que informação está sendo usada, nos diferentes setores da economia, por diferentes empresas, como uma fonte de vantagem competitiva.

  20. Informação • O que é? • É realmente algo estratégico? Ou há um excesso de informação que atrapalha a verdadeira produtividade?

  21. Estudo de caso: “Quem não mede, não gere” • Siga as orientações do seu professor e participe ativamente da atividade. • A atividade terá uma etapa denominada “Aquecimento”, depois uma etapa de “debate interno” (dentro de cada grupo), depois uma etapa de “plenário” (debate com a turma).

  22. Plenária: 1. Como se deve projetar um destes “painéis de controle”? 2. É algo que pode ser feito? Ou será o tipo de coisa que soa bem na teoria e não funciona na prática? 3. E o que dizer da idéia do presidente de o painel ser o mesmo para toda a alta administração? É razoável?

  23. Saiba o que saber! • DRUCKER (1996): • Saiba o que saber. • Precisamos medir, não contar.

  24. Clientes de informações: • Alguns poucos se perguntam: • De que informações necessito? • Quando preciso delas? • De quem recebê-las? • Que tarefas devo abandonar? • Que tarefas devo fazer de forma diferente?

  25. Fornecedores de informações: • Quase ninguém se pergunta: • Que informações preciso fornecer? • A quem? • Quando? • De que forma?

  26. Dados vs. Informações • Uma base de dados não é informação: • É minério de informação, matéria-prima. • Para que uma base de dados se transforme em informação, é preciso que essa base seja: • organizada para uma tarefa; • dirigida para um desempenho; • aplicada a uma decisão.

  27. Usuários vs. especialistas em TI ou SI • Os especialistas em informação (TI e SI) são meros fabricantes de ferramentas. • Os usuários (executivos e técnicos, contadores inclusive) devem decidir quais ferramentas usar, como usá-las e para que usá-las. • Os usuários precisam conhecer as informações de que se utilizam.

  28. Gestão da informação, SI e TI SISTEMAS DE INFORMACÃO Unidade de negócios + Corporação Orientada a demanda Focada no negócio Negócio com TI TECNOLOGIA DE INFORMACÃO Escopo e arquitetura Orientada a suprimento Focada em tecnologia TI como Negócio GESTÃO DA INFORMACÃO Administração e organização Papéis e relações Focadaemgestão Negócio e TI

  29. Então… A TI é estratégica? • Ou será que TI é apenas um instrumento? • TI é como a Energia Elétrica ou a Telefonia? • Muda caso troquemos TI por Internet? • A sua resposta muda caso troquemos TI por SI ou por Gestão de Informações?

  30. Estudo de caso: “Porter vs. Tapscott” • Siga as orientações do seu professor e participe ativamente da atividade. • A atividade terá uma etapa denominada “Aquecimento”, depois uma etapa de “debate interno” (dentro de cada grupo), depois uma etapa de “plenário” (debate com a turma).

  31. Plenária: • Quais os principais pontos de concordância e discordância do grupo com o artigo do Prof. Michael Porter? • Quais os principais pontos de concordância e discordância do grupo com o artigo de Nicholas Carr? • Quais os principais pontos de concordância e discordância do grupo com o artigo de Don Tapscott? • Como o grupo avalia o artigo base do caso? Concorda, ou discorda dele? • Quais os três maiores desafios da gestão da TI nas empresas, na visão do grupo?

  32. Abordagem da Cadeia de Valores

  33. Informação e Vantagem Competitiva • Como avanços de TI afetarão a competição e as fontes de vantagem competitiva? • Que estratégias a empresa deve adotar para explorar a tecnologia? • Quais são as implicações das iniciativas já adotadas pelos concorrentes? • Em que devemos investir, em face das diversas oportunidades? • Que orçamento de TI vale a pena?

  34. Cadeia de Valor e Vantagem Competitiva Atividades de Apoio Infra-Estrutura da Empresa Gestão de recursos Humanos Desenvolvimentoda tecnologia Compras de bens e serviços Logísticade entrada Operações Logísticade saída Marketinge vendas Serviços Atividades Primárias Margem

  35. Atividade compartilhada: Cadeia de Valores e Vantagens competitivas • Nessa atividade, você irá compartilhar com o professor o desenvolvimento de um trabalho. Utilize a próxima página. • Analise a Cadeia de Valor na Gol Linhas Aéreas • 1. Refletir sobre a Estratégia: “Tarifas baixas/baixo preço” • 2. Desenhar uma cadeia de valores coerente com tal estratégia • 3. Refletir sobre sistemas de informação passíveis de fundamentar e fortalecer as vantagens competitivas da companhia

  36. A Cadeia de Valores da Indústria • A Cadeia de Valores de uma empresa está inserida no contexto da Cadeia de Valores de uma indústria. Esse conceito também é chamado de Cadeia de Suprimento, ou Supply Chain. Cadeias de Valores dos Fornecedores Cadeias de Valores da Empresa Cadeias de Valores dos Consumidores Cadeias de Valores de Distribuidores

  37. A Questão do Escopo • Muitas vezes, as estratégias das empresas diferem no escopo de cada uma, ou na amplitude de suas atividades • Escopo de um segmento • Escopo geográfico • Escopo setorial • Um concorrente mais focado tem uma cadeia de valor mais personalizada, logo tem mais competitividade?

  38. Tecnologia da Informação é Estratégica • Há “informação” em todos os pontos e elos das cadeias de valor, TI transforma todas as atividades de valor e seus elos • TI afeta a maneira como os produtos satisfazem às necessidades dos consumidores, vem mudando essas necessidades e os próprios produtos. • Tecnologia da Informação é muito mais estratégica que muitas outras tecnologias! • Ou não?

  39. The Networked Enterprise • TI está transformando o âmbito da competição, alterando os elos das cadeias de valores entre filiais e criando a competição global. • A Internet permite uma interconexão sem precedentes entre as empresas, acelerando, barateando e facilitando o fluxo de informações.

  40. A Tecnologia na Cadeia de Valor Atividades de Apoio Sistemas ERP, business inteligence, sistemas de gestão integrados Infra-Estrutura da Empresa E-Learning, E-Recruiting, gerenciamento eletrônico de RH, integrado sistemas ERP Gestão de RH Gerenciamento de Projetos, CAD/CAM, comunidades e grupos de pesquisa virtuais Desenvolvimentoda tecnologia Utilização de portais verticais e marketplaces, leilões reversos, EDI, automatização do workflow nas intranets Compras de bens e serviços Logísticade entrada Operações Logísticade saída Serviços Marketinge vendas Manutenção à distância, Novosserviçosvai Internet Extranet, Tracking, ProcessamentoAutomatizadode Pedidos Automação,Máquinas operadas nocomputador,Flexibilidade CRM,e-CRM, Forças devendas remotas Depósitos econtrolesautomatizadosTracking depedidos Margem Atividades Primárias

  41. Prática: TI na cadeia de valores • A partir da cadeia de valores da Gol Linhas aéreas ou de outra empresa à sua escolha (desde que já tenha a cadeia pronta), indique duas boas oportunidades de a TI fortalecer a geração de vantagens competitivas e justifique suas escolhas.

  42. Abordagem de recursos

  43. Recursos são a fonte de vantagem competitiva • É a posse de recursos distintos que gera a vantagem competitiva. • O que é um recurso?

  44. Modelo VRIO • Os recursos que geram vantagem competitiva devem ser, ao mesmo tempo: • V aliosos • R aros • I nimitáveis • O rganizáveis

  45. Recursos de TI - Tipologia

  46. A geração de valor a partir de recursos de TI

  47. Prática: Utilizando a visão de recursos • Individual: Escolha uma organização que você conheça (de preferência onde você trabalha). Descreva em uma frase o que ela faz. Elenque os recursos de TI que ela possui (ou que poderia possuir) que sejam capazes de fundamentar vantagens competitivas. • Em grupo: Cada aluno apresenta ao grupo a sua resposta. O grupo deve escolher a resposta mais interessante, criticando/complementando-a. • Em plenário: Cada grupo apresentará a sua resposta.

  48. Reflexão • A escola de recursos pode ser articulada com a escola de posicionamento?

  49. Alinhamento estratégico e o Plano de TI de uma organização

  50. Alinhamento estratégico da TI • É o processo de transformar a estratégia do negócio em estratégias e ações de TI que garantam o adequado suporte aos objetivos de negócio. • Há várias maneiras de fazer. E não há “bala de prata”.