calor como energia n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Calor como ENERGIA PowerPoint Presentation
Download Presentation
Calor como ENERGIA

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 35

Calor como ENERGIA

121 Vues Download Presentation
Télécharger la présentation

Calor como ENERGIA

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. O calor seria uma substância (um fluido), chamado CALÓRICO, FLOGISTO OU FLOGÍSTICO, que passaria de um corpo a outro!! Calor como ENERGIA ANTIGAMENTE...

  2. Século XVIII e XIX • Máquina a vapor; • Revolução Industrial; • Modelos Atômico e Molecular; • Fragmentação do tempo, do espaço, do conhecimento e da realidade; • Mecânica Estatística; • Determinismo  Probabilidade.

  3. ... existe uma equivalência entre energia mecânica, elétrica, química e calor. Sendo assim, existe uma equivalência entre energia mecânica e calor. CALOR é uma forma de energia em transito de um ponto a outro do espaço. Kelvin Boltzman Clapeyron Boyle Gay-Lussac Charles

  4. Como o calor se propaga?

  5. TRANSFERÊNCIA DE CALOR CONDUÇÃO

  6. CONDUÇÃO: a energia térmica é transferida de partícula para partícula (átomos, moléculas, etc.) através de suas vibrações/colisões. Só ocorre em meios materiais!

  7. TRANSFERÊNCIA DE CALOR CONVECÇÃO

  8. CONVECÇÃO: a energia térmica é transferida de uma região para outra do espaço junto com a matéria, através do movimento de massas em seu interior. Só ocorre em meios materiais! Há transporte de energia e transporte de matéria.

  9. CONVECÇÃO

  10. Refrigerador (em cima) Aquecedor (em baixo) CONVECÇÃO

  11. TRANSFERÊNCIA DE CALOR RADIAÇÃO

  12. RADIAÇÃO: a energia térmica é transferida de um ponto a outro do espaço através de ONDAS ELETROMAGNÉTICAS. Ocorre em meios materiais eno vácuo!

  13. RADIAÇÃO

  14. Em geral, ocorre uma mistura...

  15. Alterar a temperatura Alterar a temperatura Alterar a temperatura Alterar o estado físico Alterar o estado físico

  16. Calor SENSÍVEL: Altera a temperatura do corpo LATENTE: NÃO altera a temperatura do corpo

  17. Quantidade de Calor (Q) Medida da energia térmica transferida de um corpo para outro.

  18. Quantidade de calor (Q) • Medida da energia térmica trocada • Usualmente medida em CALORIAS • no SI é medida em Joules [Q] = CALORIAS 1 cal = 4,18 J

  19. A variação na temperatura de um corpo depende de: • Quantidade de calor recebida (Q); • Do material que constitui o corpo (c); • Massa do corpo (m);

  20. Quantidade de Calor (Q) Q =m.c.T Onde Q é a quantidade de calor recebido (Q>0) ou cedido (Q<0); m é a massa do material; T é a variação de temperatura; c é o CALOR ESPECÍFICO DA SUBSTÂNCIA.

  21. Quantidade de Calor (Q) Q =m.c.T Que macete!

  22. Unidade do calor específico Q = m.c.T

  23. CALOR ESPECÍFICO

  24. POTÊNCIA Térmica Potência térmica (pot) ouFluxo de calor () é a medida da velocidade com a qual o calor se propaga

  25. Para um objeto... MAIÚSCULO Q = m.c.T Capacidade Térmica (C) c é o calor específico característico do material (elemento ou substância).

  26. Capacidade Térmica característica de um objeto (corpo)

  27. Um Sistema Térmicamente Isolado é aquele que NÃO troca calor com o meio externo Sistema Térmicamente Isolado

  28. O UNIVERSO É UM SISTEMA TERMICAMENTE ISOLADO!

  29. Sistema Térmicamente Isolado Para isolar o sistema utiliza-se um CALORÍMETRO Calorímetro é um aparelho utilizado em laboratório com o objetivo de minimizar as trocas de calor com o meio externo.

  30. Capacidade Térmica Dizemos que o calorímetro ideal é aquele que tem CAPACIDADE TÉRMICA desprezível (próxima a zero!) Cobertura METÁLICA

  31. Num Sistema Térmicamente Isolado A Energia Térmica se Conserva

  32. Sistema Térmicamente Isolado Energia Térmica se conserva Q = 0 Q1 + Q2 + ... + Qn = 0

  33. Num calorímetro ideal misturam-se 200g de água a 0oC com 250g de um determinado líquido a 40oC, obtendo-se o equilíbrio a 20oC. Qual o calor específico do líquido, em cal/g.oC?

  34. Lição de casa Ler Cap. 5: Equação fundamental da calorimetria pg. 102 a 113 (resumir) propostas: 9 a 17 OBF