Download
dimensionamento de um sistema wetland constru do para tratamento de esgoto sanit rio em uma empresa n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
JULIANA DE MATTOS CRUZ Prof a . Dra. Nádia Teresinha Schröder Orientadora PowerPoint Presentation
Download Presentation
JULIANA DE MATTOS CRUZ Prof a . Dra. Nádia Teresinha Schröder Orientadora

JULIANA DE MATTOS CRUZ Prof a . Dra. Nádia Teresinha Schröder Orientadora

212 Vues Download Presentation
Télécharger la présentation

JULIANA DE MATTOS CRUZ Prof a . Dra. Nádia Teresinha Schröder Orientadora

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. DIMENSIONAMENTO DE UM SISTEMA WETLAND CONSTRUÍDO PARA TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO EM UMA EMPRESA JULIANA DE MATTOS CRUZ Profa. Dra. Nádia Teresinha Schröder Orientadora Prof. Luiz Carlos Klusener Filho Co-orientador

  2. INTRODUÇÃO • Preocupação crescente com as questões ambientais. • Busca de novas tecnologias para o tratamento do esgoto sanitário. • Os Wetlands Construídos (WC) se tornam uma alternativa viável para aplicação em residências que não possuem coleta de esgoto.

  3. OBJETIVOS OBJETIVO GERAL Dimensionar e projetar um sistema de tratamento de esgoto sanitário por WC em uma empresa da grande Porto Alegre, visando o reuso de água. OBJETIVOS ESPECÍFICOS • Levantar os dados necessários para realizar os cálculos para o dimensionamento do projeto; • Selecionar plantas com potencial para remoção de contaminantes e que possam ser utilizadas para ajardinamento e a sua densidade populacional; • Estimar os custos de uma Estação de Tratamento Secundário de Esgoto Sanitário pelo sistema WC.

  4. METODOLOGIA Caracterização da Área de estudo Vista Aérea Fonte: Google Mapas (2013)

  5. METODOLOGIA Caracterização da Área de estudo Vista frontal Fonte: Autoria própria (2013)

  6. METODOLOGIA Vazão de consumo Fonte: CORSAN (2013)

  7. METODOLOGIA Vazão diária de efluente • 33m³ de consumo • 21 dias trabalhados • 1,57 m³/d

  8. METODOLOGIA Seleção de Plantas Muda de Citronela • As espécies selecionadas encontram-se disponíveis, não havendo necessidade de aquisição: • Citronela - Cymbopogonnardus(L.) Rendle • Biri Amarelo - Canna x generalisL.H. Bailey Fonte: Autoria própria (2013)

  9. METODOLOGIA Seleção de Plantas Biri Amarelo Fonte: Autoria própria (2013)

  10. METODOLOGIA Estruturação do Sistema Wetland 1 2 3 4 5 6 Fonte: CRISPIM, et al. (2012)

  11. RESULTADOS • Dimensionamento do Projeto • Concentração típica de DBO de esgoto doméstico bruto de 350 mg/L, com remoção de 30% nos tratamentos primários (fossa e filtro), tem-se uma concentração de 245 mg/l (=245 g/m³) a ser reduzida no tratamento secundário do tipo WC, até o grau desejado de 10 mg/L.

  12. RESULTADOS • Configuração do Sistema

  13. RESULTADOS • Vista de topo da tubulação de descarte

  14. RESULTADOS • Vista de corte do WC

  15. RESULTADOS • Densidade da Vegetação

  16. CONSIDERAÇÕES FINAIS A proposta deste estudo foi dimensionar e projetar um Sistema de Tratamento Secundário de Esgoto Sanitário por meio de um wetland construído e, a partir destes, verificou-se que: • A DBO foi o parâmetro norteador escolhido para o dimensionamento; • O fluxo a ser utilizado no sistema foi o vertical com camada de suporte projetada com brita no2 para auxiliar na função de filtro biológico; • A área para a construção do wetland calculada foi de 12 m²;

  17. CONSIDERAÇÕES FINAIS • O projeto foi elaborado a partir da fossa séptica já existente no local. Será construído um filtro a fim de possibilitar ao final do tratamento o reuso da água tratada e um sumidouro para qualquer eventualidade; • As espécies selecionadas já ocorrem na região, são utilizadas para paisagismo permitindo uma beleza cênica no local de estudo; • A densidade populacional da vegetação de 0,50 m2 espaçamento necessário para que haja o crescimento da biomassa permitindo, assim, a remoção de poluentes.