html5-img
1 / 13

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS

Administração de Sistemas Operacionais Não Proprietários 2ºSemestre Aula 01 Prof. Carlos Vinícius cvalves@senacrs.edu.br. SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS. Software Livre.

selah
Télécharger la présentation

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author. Content is provided to you AS IS for your information and personal use only. Download presentation by click this link. While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server. During download, if you can't get a presentation, the file might be deleted by the publisher.

E N D

Presentation Transcript


  1. Administração de Sistemas Operacionais Não Proprietários2ºSemestreAula 01Prof. Carlos Viníciuscvalves@senacrs.edu.br SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS

  2. Software Livre • Software de código aberto ou software livre é qualquer programa de computador cujo código-fonte deve ser disponibilizado para permitir o uso, a cópia, o estudo e a redistribuição. • O conceito de livre ou aberto se opõe ao conceito de software restritivo (software proprietário), mas não ao software que é vendido com intenção de lucro (software comercial). • Ao distribuir o software livre, o detentor dos direitos deve escolher uma licença de software livre que normalmente é anexada ao código-fonte. • Esta licença informará quais os direitos que o autor estará transferindo e quais as condições que serão aplicadas. Tipos de licenças: http://opensource.org/licenses/alphabetical

  3. Unix • Sistemaoperacionalmultiusuário • Desenvolvidoem 1969, noslaboratóriosdaempresa AT&T (Bell Labs) • Ken Thompson (Unix) • Dennis Ritchie (C) • Variações do UNIX: System V, Solaris, SCO Unix, SunOS, 4.4BSD, FreeBSD, NetBSD, OpenBSD, BSDI

  4. xBSD • O BSD (Berkeley Software Distribution) resultou de um projetoparamelhorias no UNIX da AT&T proprietário • Universidade de Berkeley em 1979 (http://en.wikipedia.org/wiki/Computer_Systems_Research_Group) • O grupo FreeBSD foiformadoem 1993 • Gerarumaversão do BSD emcódigo-fonteabertopara a arquitetura x86 • Começounaversão 4.4BSD-Lite • Existemoutrasvariações: OpenBSD, NetBSD, PCBSD…

  5. xBSD • O BSD possuiumaimplementaçãodapilha de protocolos TCP/IP maisrefinada do que o Linux • Geralmente, é utilizadoemprovedores de acesso à Internet porestemotivo • A versões de produçãoatuaissão a 8.3 e a 9.0 do FreeBSD • Outrasvariações e customizações: • NetBSD - http://www.netbsd.org/ • OpenBSD (focadonasegurança) - http://www.openbsd.org/ • PCBSD (uso desktop) - http://www.pcbsd.org/ • Pfsense (firewall/livecd) - http://www.pfsense.org/ • Dragon Fly - http://www.dragonflybsd.org/ • Apple Mac OS X - http://www.apple.com/macosx

  6. Linux • Um clone do UNIX • Desenvolvidoem 1991 porLinusTorvalds, um estudante de graduaçãofinlandês • O Linux foiinspirado no sistemaoperacionalMinix (http://www.minix3.org/) • O Linux é o kernel (núcleo) • Os utilitáriosforam e sãodesenvolvidospela GNU (GNU is Not Unix) Software (http://www.gnu.org/) • Fundadorda GNU é Richard Stallman • Linux + GNU = GNU/Linux

  7. Linux • Originalmente, desenvolvidoparapadrão x86 de 32 bits • Portadoparaoutrasarquiteturas, taiscomo: • Alpha, VAX, PowerPC, IBM S/390, MIPS, IA-64 • PS2, TiVo, celulares, relógios, Nokia N810, APs, roteadores, NAS, GPS, …

  8. A versão 0.01 (maio de 1991):nãopossuíarede, rodavaapenasem PC 386, quasenenhum driver de dispositivo e suportavaapenas o sistema de arquivos do Minix A versão 1.0 (março de 1994): Suportepara TCP/IP Interface Sockets compatível com BSD paraprogramaçãoemrede Driver para interfaces de redeethernet Sistema de arquivosmelhorado Suporteparaváriosdispositivos, entre elescontroladoras SCSI (alto desempenho no acesso a disco) A versão 1.2 (março de 1995) foi a últimaexclusivapara PCs Kernel do Linux Repositório: http://www.kernel.org/

  9. Versão 2.0 (junho de 1996): duasfuncionalidadesimporantes: Suporte a múltiplasarquiteturas (Alpha 64 bits e Motorola 68000-series, Sun Sparc e PowerMac) Suporte a arquiteturasmultiprocessadas Outrasmelhorias Gerenciamento de memória Desempenho do TCP/IP As versões 2.4 e 2.6 melhoraram o suporte a processadores com múltiplosnúcleos, sistemas de arquivos, arquiteturas 64 bits, drivers de dispositivos e desempenho, segurança e confiabilidade Kernel do Linux

  10. O Linux usamuitasferramentasdesenvolvidaspara o sistema BSD, o sistema de janelas do MIT (X Window System) e do projeto GNU As principaisbibliotecasparadesenvolvimentoforaminiciadaspeloprojeto GNU e melhoradaspelacomunidade de desenvolvedores Linux As ferramentas de administração de redesãoderivadas do 4.3BSD O Linux é mantidopor um conjuntodisperso de desenvolvedorescolaborandona Internet GNU/Linux Alan Cox – desenvolvedor responsável pelos primeiros drives de interface de rede para Linux

  11. Distribuições Linux • As distribuiçõessãoagrupamentosem CD/DVD de ferramentas, aplicações, configurações e procedimentos de instalação do sistema e de aplicações (gerenciadores de pacotes e repositórios) • Mais de 300 distribuições • Redhat • RHEL (comercial) • Fedora (free) • CentOS (RHEL livre) • SuSe • Gentoo (baseadanacompilação das aplicações, aoinvés do uso de pacotes) • Debian (fielao GNU/Linux) • Ubuntu (parausoem desktops) • Knoppix (primeiradistroemLiveCD) • Conectiva (brasileira, baseada no RedHat. VirouMandrivaao se juntar com a distribuição Mandrake) DistroWatch: http://distrowatch.com/

  12. Distribuições Linux Ubuntu Debian Knoppix Slackware Gentoo CentOS Redhat

  13. Vamos ao trabalho...

More Related