Download
vis o sist mica e orienta o para resultados n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Visão sistêmica e orientação para resultados PowerPoint Presentation
Download Presentation
Visão sistêmica e orientação para resultados

Visão sistêmica e orientação para resultados

209 Vues Download Presentation
Télécharger la présentation

Visão sistêmica e orientação para resultados

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Visão sistêmica e orientação para resultados Consultora: Danielle Pena

  2. PERGUNTA: COMO OBTER RESULTADOS DE PESSOAS?

  3. Que contribuição eu estou dando à minha equipe?

  4. Que contribuição quero dar? VÍDEO LIDERANÇA SOLIDÁRIA

  5. SISTÊMICA: 1+1=3 • Dinâmica

  6. Princípios da sistêmica • Concepção do mundo através de SISTEMAS; • Inter-relação e interdependência (Sinergia) entre as partes; • Objetivos em comum; • Entendimento do TODO (Visão Holística); • Organizações são organismos VIVOS.

  7. VISÃO SISTÊMICA COMPARAÇÃO: ORGANISMO & ORGANIZAÇÃO

  8. SISTÊMICA NA ORGANIZAÇÃO

  9. MEU PAPEL COMO GESTOR: ABORDAGEM SISTÊMICA

  10. EU, GESTOR... VÍDEO: Desafiando Gigantes

  11. PESQUISA PUBLICADA NA REVISTA HSM “TODOS OS PRESIDENTES QUE PERDERAM O EMPREGO SÃO LÍDERES QUE NÃO CUMPRIRAM O QUE PROMETERAM” LIGADO AO RESULTADO  EXECUÇÃO

  12. HABILIDADES DO GESTOR:

  13. O QUE É EXECUÇÃO? REALIDADE

  14. EXECUÇÃO O PLANEJAMENTO ESTÁ NA CABEÇA DOS GESTORES GESTORES RESERVAM POUCO TEMPO PARA DISCUSSÕES (PESSOAS, PROCESSOS E ESTRATÉGIAS)

  15. EXECUÇÃO NÃO DEBATEM AS METAS (DIÁLOGO) NÃO GERAM COMPROMETIMENTO DAS PESSOAS

  16. PROCESSO DE EXECUÇÃO

  17. META REALISTA

  18. FORMULAÇÃO DE OBJETIVOS

  19. REUNIÃO COM A EQUIPE (DIÁLOGO)

  20. DEFINIÇÃO DE RESULTADOS

  21. ELABORAÇÃO DO PLANO DE AÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE PRAZOSSUGESTÃO DE FERRAMENTAS (parte da tarde)

  22. ENVOLVIMENTO DAS PESSOAS

  23. ACOMPANHAMENTO DAS ATIVIDADES

  24. PLANO DE CONTINGÊNCIA

  25. MAIS INFORMAÇÕES SOBRE EXECUÇÃO: • CONHEÇA SEU PESSOAL E SUA EMPRESA; • CONCLUA O QUE FOI PLANEJADO; • RECOMPENSE QUEM FAZ; • AMPLIE AS HABILIDADES DAS PESSOAS PELA ORIENTAÇÃO; • CONHEÇA A SI PRÓPRIO.

  26. PARA COMPLEMENTAR... DELEGAÇÃO

  27. PLANO DE DELEGAÇÃO • Listar as Tarefas; • Descrever cada tarefa passo a passo; • Definir as funções e pessoas necessárias para a execução da tarefa; • Verificar se o funcionário tem todas as habilidades para a execução da tarefa. • Descrever o treinamento necessário à delegação; • Treinar pessoas em tempo hábil.

  28. DICA:CONFIANÇA NA COMPETÊNCIA. VIDEO: A PROCURA DA FELICIDADE VIDEO: CHAMAS DA VINGANÇA

  29. CONFIANÇA NA COMPETÊNCIA: • Descobrir e enfatizar as qualidades e recursos das pessoas; • Exigir, com base nos recursos e qualidades observados; • Falar das qualidades das pessoas com outras pessoas; • Enfatizar os acertos da pessoa; • Trate os erros como algo a ser corrigido. Atribua o erro a situação e não à pessoa; • Valorizar o empenho e premiar o esforço.

  30. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO

  31. SUGESTÃO DE FERRAMENTAS

  32. SUGESTÃO DE FERRAMENTAS

  33. SUGESTÃO DE FERRAMENTAS

  34. ENCERRAMENTO “SUCESSO É O RESULTADO DA PRATICA CONSTANTE DE FUNDAMENTOS E AÇÕES. NÃO HÁ NADA DE MILAGROSO NO PROCESSO, NEM SORTE ENVOLVIDA. AMADORES ASPIRAM, PROFISSIONAIS TRABALHAM”. Bill Russel

  35. Muito obrigada! DANIELLE PENA COACH DE CARREIRA, EXECUTIVO E LIFE MATER EM PNL CONSULTORA ORGANIZACIONAL ESPECIALISTA EM DESENVOLVIMENTO HUMANO E ESTRATÉGICO TREINAMENTOS E PALESTRAS Contato: danielle.pena@cdssolucoes.com.br Telefones: (31) 8448-6624 ou (31) 3281-8586 Site: www.cdssolucoes.com.br