html5-img
1 / 11

O NASCIMENTO DA CLASSE OPERÁRIA NO BRASIL

O NASCIMENTO DA CLASSE OPERÁRIA NO BRASIL. 1850 - 1900. INDÚSTRIALIZAÇÃO NO BRASIL 100 ANOS APÓS OS PAÍSES EUROPEUS:. 1900 80.mil Trabalhadores urbanos 1906 115 mil operários no RJ 1906 24 mil operários em SP Na Europa neste período havia milhões de operários.

bowen
Télécharger la présentation

O NASCIMENTO DA CLASSE OPERÁRIA NO BRASIL

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author. Content is provided to you AS IS for your information and personal use only. Download presentation by click this link. While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server. During download, if you can't get a presentation, the file might be deleted by the publisher.

E N D

Presentation Transcript


  1. O NASCIMENTO DA CLASSE OPERÁRIA NO BRASIL 1850 - 1900

  2. INDÚSTRIALIZAÇÃO NO BRASIL 100 ANOS APÓS OS PAÍSES EUROPEUS: • 1900 80.mil Trabalhadores urbanos • 1906 115 mil operários no RJ • 1906 24 mil operários em SP • Na Europa neste período havia milhões de operários

  3. INDÚSTRIALIZAÇÃO A PASSOS DE TARTARUGA • TIPO DE COLONIZAÇÃO • RIQUEZA NATURAL DO BRASIL (algodão, madeira, minérios,borracha, café) • IMPORTAVA PRODUTOS INDÚSTRIALIZADOS DA INGLATERRA • SURGIMENTO DA BURGUESIA CAFEIRA – CAPITAL NASCENTE INDÚSTRIA • AS PRIMEIRAS FÁBRICAS FORAM DO SETOR TEXTIL, ENTRE 1844-1866, • NOVE TECELAGEM (05 NA BA) • -1890 48 TECELAGENS (13 MG,12 BA,11 RJ,10 MA,09 SP) E 55 MIL TRAB. • -FÁBRICA DE BEBIDAS: BOHEMIA 1853 (PETROPÓLIS) E BRAHMA EM 1888(RJ)

  4. DA ESCRAVIDÃO À IMIGRAÇÃO EUROPÉIA • PÓLOS DE INDÚSTRIALIZAÇÃO: RJ, JUIZ DE FORA E SP • SP FOI QUEM MAIS INVESTIU NA IMIGRAÇÃO EUROPÉIA, MAIORIA ITALIANOS • RJ 1/3 DA POPULAÇÃO COMPOSTA DE IMIGRANTES, MAIORIA PORTUGUESES • ESPANHÓIS • -1890 A 1900 1 MILHÃO DE IMIGRANTES, 90% ITALIANOS • 1875 A 1914 CHEGARAM NO BRASIL 4,5 MILHÕES DE IMIGRANTES (Italianos, • Portugueses, espanhóis, alemães, sírio – libaneses, japoneses, poloneses • e ucranianos). • -OS EUA RECEBERAM NESTA ÉPOCA 45 MILHÕES IMIGRANTES • -NOVAS INDÚSTRIAS APARECEM EM RECIFE, PORTO ALEGRE, CURITIBA E • BELÉM. • EM MENOR ESCALA INCIPIENTE INDÚSTRIA TEXTIL EM MACÉIO, ARACAJU E • CIDADES DO INTERIOR E CAPITAL DO MARANHÃO.

  5. DA ESCRAVIDÃO À IMIGRAÇÃO EUROPÉIA • -EM 1900 O BRASIL TINHA 26 MILHÕES DE HABITANTES • -RJ COM 600 MIL, SP 240 MIL E CIDADES COM MAIS DE CEM MIL HABITANTES • SÓ SALVADOR E BELÉM. • -BASE DA PRODUÇÃO ERA AGRÍCOLA, OS PORTOS COM GRANDE NÚMERO • DE ESTIVADORES, ERAM PÓLOS DE CRESCIMENTO E FOCO DE LUTA DOS • TRABALHADORES – CELEBRES GREVES DOS PRTUÁRIOS DE SANTOS, • RECIFE E RIO DE JANEIRO. • QUEM CONTINUAVA A TRABALHAR NO CAMPO ERAM OS EX-ESCRAVOS. • 1850 LEI DE TERRAS E NADA DE REFORMA AGRÁRIA – FORMAÇÃO • EXÉRCITO DE MISERÁVEIS. • -APOSTAVA-SE NO BRANQUEAMENTO DO BRASIL, POR MEIO DA IMIGRAÇÃO • EUROPÉIA.

  6. DA ESCRAVIDÃO À IMIGRAÇÃO EUROPÉIA • -AS PRIMEIRAS FÁBRICAS SÓ SELEIONAVAM PARA O TRABALHO IMIGRANTES • EUROPEUS, OS EX ESCRAVOS FICAVAM COM OS PIORES SERVIÇOS E • PEQUENOS BISCATES. • -AS CONDIÇÕES DE TRABALHO ERAM EXATAMENTE IGUAIS AS DE CEM ANOS • ATRÁS NA IGLATERRA: JORNADA SEM LIMITE(16h), NENHUM DESCANSO • SEMANAL OU FÉRIAS. • O AMBIENTE A SAÚDE ERAM PÉSSIMOS • EM 1910 NAS FÁBRICAS DE SP A IDADE MÉDIA DE VIDA DO TRABALHADOR • URBANO CHEGAVA A 19 ANOS • EM SP E RJ TAMBÉM HAVIAM CRIANÇAS DE 7, 6 E ATÉ DE 5 ANOS • TRABALHANDO NAS FÁBRICAS.

  7. A ORGANIZAÇÃO DOS TRABALHADORES NA EUROPA E O LIBERALISMO • 90% DOS TRABALHADORES URBANOS ERAM IMIGRANTES COM ALGUMA • EXPERIÊNCIA/CONTATO COM A INDÚSTRIA • TAMBÉM HAVIAM TIDO CONTATO/PARTICIPADO DAS LUTAS SINDICAIS, POR • ISSO REPETIRAM AQUI OS MESMOS PASSOS DA CLASSE OPERÁRIA DA • EUROPA. • -MAS, DO MESMO JEITO, OS PATRÔES REPRIMIAM OS TRABALHADORES • -VISÃO POLÍTICO – ECONÔMICA DA BURGUESIA • : • LIBERALISMO = LIBERDADE = LIBERDADE TOTAL PARA AS CHAMADAS • “FORÇAS PRODUTIVAS” CAPITAL E TRABALHO. • -CONSIDERA QUE O ESTADO NÃO DEVE SE INTROMETER NA ECONOMIA • E NOS ASSUNTOS DO CAPITAL E DO TRABALHO • -NA PRÁTICA OS OPERÁRIOS ERAM PROIBIDOS DE CRIAR ORGANIZAÇÕES, • CADA OPERÁRIO SÓ PODIA SE RELACIONAR C/ O SEU PATRÃO

  8. A ORGANIZAÇÃO DOS TRABALHADORES NA EUROPA E O LIBERALISMO • -AS PRIMEIRAS FORMAS DE ORGANIZAÇÃO ENTRE 1880 E 1900 FORAM AS • CAIXAS BENEFICIENTES, DE SOCORRO MÚTUO E ASSOCIAÇÕES DE BAIRRO • -LOGO COMEÇA A SURGIR NOVAS FORMAS DE ORGANIZAÇÕES ATÉ CHEGAR • A ESTRUTURA ORGANIZATIVA DE SINDICATO (INÍCIO DO SEC. XX) • LIGAS OPERÁRIAS • SOCIEDADE DE RESISTÊNCIA • UNIÃO DOS TRABALHADORES • -NESTE PERÍODO SURGEM TAMBÉM INICIATIVA/CRIAÇÃO DE VÁRIOS PARTIDOS • POLÍTICOS (RJ EM 1890 CRIA O PARTIDO OPERÁRIO)

  9. AS PRIMEIRAS GREVES E OS PRIMEIROS JORNAIS OPERÁRIOS NO BRASIL -GRÁFICOS RJ EM 1858 (GREVE ORGANIZADA) -EXISTEM RELATOS A RESPEITO DE UMA GREVE DOS TRABALHADORES DAS OFICINAS DA CASA DAS ARMAS DA MARINHA IMPERIAL NO RJ EM 1791 -EM 1815 SABE-SE DE UMA GREVE DE PESCADORES NO RECIFE -EM 1854 GREVE DOS FERROVIÁRIOS DA PRIMEIRA ESTRADA DE FERRO -1863 FERROVIÁRIOS DO RJ -1877 PORTUÁRIOS DE SANTOS -1881 NO CEARÁ GREVE DOS JANGADEIROS QUE SE RECUSAVAM A TRANS PORTAR ESCRAVOS (LÍDER FOI DRAGÃO DO MAR) -RAZÕES PARA AS GREVES: SALÁRIO. JORNADA TRAB. E CONDIÇÕES VIDA. -EM 1889 NOVA CONSTITUIÇÃO, FOI CONSTITUI´DO VOTO UNIVERSAL SÓ ALFABETIZADOS (8% POPULAÇÃO)

  10. COMEÇAM A APARECER ALGUMAS LEIS DE PROTEÇÃO • -1890 DECRETO CONCEDE DIREITO DE APOSENTADORIA AOS EMPREGADOS • DAS ESTRADAS DE FERRO (NÃO FOI CUMPRIDO) • EM 1891 NA ASSEMBLÉIS LEGISLATIVA DE PERNAMBUCO, FOI APRESENTADO • UM PROJETO, QUE NÃO FOI APROVADO, QUE ESTABELECIA JORNADA DE • TRABALHO DE 8h.

  11. IMPRENSA OPERÁRIA • -HISTORIADORES ENCONTRARAM REGISTROS DE MAIS DE 500 JORNAIS • DE CUNHO SOCIALISTA OU ANARQUISTA. • ALGUNS EXEMPLOS: • O SOCIALISTA 1845 – NITERÓI • O PROLETÁRIO 1847 – RECIFE • O PERÍODICO DOS POBRES 1850 – RJ • O BRADO DA MISÉRIA 1853 – RECIFE • O OPERÁRIO 1864 – SP • O CLERIM SOCIALISTA 1898 – PERNAMBUCO • EL GRITO DEL PUEBLO – 1899 – SP • O OPERÁRIO 1892 – CEARÁ • O SOCIALISTA 1890 - SALVADOR

More Related