html5-img
1 / 8

O Estatuto da Cidade

O Estatuto da Cidade. Implicações e Reflexos sobre Planos Diretores. Mário Barreiros. O Estatuto da Cidade Planejando nossas cidades para melhorar a qualidade de vida de nossa população e enfrentar os desafios do século XXI. Lei n.º 10.257 de 10 de julho de 2001

gerry
Télécharger la présentation

O Estatuto da Cidade

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author. Content is provided to you AS IS for your information and personal use only. Download presentation by click this link. While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server. During download, if you can't get a presentation, the file might be deleted by the publisher.

E N D

Presentation Transcript


  1. O Estatuto da Cidade Implicações e Reflexos sobre Planos Diretores Mário Barreiros Mário Barreiros - O Estatuto da Cidade

  2. O Estatuto da CidadePlanejando nossas cidades para melhorar a qualidade de vida de nossa população e enfrentar os desafios do século XXI. • Lei n.º 10.257 de 10 de julho de 2001 • Regulamenta os arts. 182 e 183 da Constituição Federal estabelece diretrizes gerais da política urbana e dá outras providências. • Apresenta muitas novidades, entre as quais: • Parcelamento, edificação ou utilização compulsória • IPTU progressivo no tempo • Concessão de uso para fins de moradia • Direito de preempção • Operações urbanas consorciadas • Transferência do direito de construir • Estudos de Impacto de Vizinhança Mário Barreiros - O Estatuto da Cidade

  3. Objetivo • Tem por objetivo ordenar o pleno desenvolvimento das funções sociais da cidade e da propriedade urbana, mediante as seguintes diretrizes gerais: • Sustentabilidade econômica • Direito à moradia • Saneamento Ambiental • Infra-estrutura urbana • Transportes • Serviços públicos • Trabalho • Lazer • Gestão Democrática e participação popular • Cooperação entre governos Mário Barreiros - O Estatuto da Cidade

  4. Objetivos específicos com relação ao planejamento • Formulação, execução e acompanhamento de planos, programas, e projetos de desenvolvimento urbano. • Planejamento do desenvolvimento das cidades – da distribuição da população, das atividades econômicas do Município. • Evitar e corrigir as distorções do crescimento urbano e seus efeitos negativos sobre o meio ambiente. • ordenação e controle do uso do solo. Mário Barreiros - O Estatuto da Cidade

  5. Instrumentos em Geral serão utilizados, entre outros instrumentos: • I – planos nacionais, regionais e estaduais de ordenação do território e de desenvolvimento econômico e social; • II – planejamento das regiões metropolitanas, aglomerações urbanas e microrregiões; • III – planejamento municipal, em especial: • a) plano diretor; • b) disciplina do parcelamento, do uso e da ocupação do solo; • c) zoneamento ambiental; • d) plano plurianual; • e) diretrizes orçamentárias e orçamento anual; • f) gestão orçamentária participativa; • g) planos programas e projetos setoriais; • h) planos de desenvolvimento econômico e social; Mário Barreiros - O Estatuto da Cidade

  6. Instrumentos em Geral • IV – institutos tributários e financeiros: • a) imposto sobre a propriedade predial e territorial urbana - IPTU; • b) contribuição de melhoria; • c) incentivos e benefícios fiscais e financeiros; • V – institutos jurídicos e políticos: • a) desapropriação; • b) servidão administrativa; • c) limitações administrativas; • d) tombamento de imóveis ou de mobiliário urbano; • e) instituição de unidades de conservação; • f) instituição de zonas especiais de interesse social; • g) concessão de direito real de uso; • h) concessão de uso especial para fins de moradia; • i) parcelamento, edificação ou utilização compulsórios; • j) usucapião especial de imóvel urbano; • l) direito de superfície; • m) direito de preempção; • n) outorga onerosa do direito de construir e de alteração de uso; • o) transferência do direito de construir; • p) operações urbanas consorciadas; • q) regularização fundiária; • r) assistência técnica e jurídica gratuita para as comunidades e grupos sociais menos favorecidos; • s) referendo popular e plebiscito; Mário Barreiros - O Estatuto da Cidade

  7. Instrumentos em Geral • Estudo prévio de impacto ambiental (EIA) e estudo prévio de impacto de vizinhança (EIV). • Parcelamento, Edificação ou Utilização Compulsórios • Iptu Progressivo no Tempo • Desapropriação com Pagamento em Títulos • Usucapião Especial de Imóvel Urbano • Concessão de Uso Especial para Fins de Moradia • Do Direito de Superfície • Direito de Preempção • Outorga Onerosa do Direito de Construir • Das Operações Urbanas Consorciadas • Transferência do Direito de Construir • Estudo de Impacto de Vizinhança • Plano Diretor Mário Barreiros - O Estatuto da Cidade

  8. Inter-relações com os Planos Diretores • Para acessar a continuação da apresentação entre em contato com o autor: mario@barreiros.arq.br Mário Barreiros - O Estatuto da Cidade

More Related