Download
trabalho realizado por alberta silva n 1 catarina vilarinho n 4 mariana fonseca n 18 9 d n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Trabalho realizado por: Alberta Silva nº1 Catarina Vilarinho nº4 Mariana Fonseca nº18 9ºD PowerPoint Presentation
Download Presentation
Trabalho realizado por: Alberta Silva nº1 Catarina Vilarinho nº4 Mariana Fonseca nº18 9ºD

Trabalho realizado por: Alberta Silva nº1 Catarina Vilarinho nº4 Mariana Fonseca nº18 9ºD

139 Vues Download Presentation
Télécharger la présentation

Trabalho realizado por: Alberta Silva nº1 Catarina Vilarinho nº4 Mariana Fonseca nº18 9ºD

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. MODA E DESIGN NA 1ª REPÚBLICA Trabalho realizado por: Alberta Silva nº1 Catarina Vilarinho nº4 Mariana Fonseca nº18 9ºD Professora: Fátima Barroso Disciplina: História Escola: E.B. 2,3 da Maia Ano Letivo: 2010/2011

  2. MODA A década de 1910 faz a ponte entre o estilo rígido e formal do início do século e o dos loucos anos 20. Anos 20 Início do século

  3. Alterações na Moda da BelleÉpoque para os Loucos Anos 20

  4. Influências da 1ªGuerra Mundial na Moda • Com a ida dos homens para a guerra, muitas das mulheres ficaram viúvas e com os seus maridos inválidos. Então, tiveram de ir trabalhar para os campos, indústrias e ir para a frente de negócios para poderem sustentar a sua família mas, para isso, tiveram de modificar o seu vestuário. Mulheres a trabalharem nas indústrias com roupas mais práticas.

  5. Curiosidades: • Tempos de guerra são tempos de contenção, e, por isso, durante a 1ª Guerra Mundial, com o objetivo de poupar, as saias subiram até aos tornozelos. • Durante a Guerra não havia tempo nem dinheiro para cuidar do cabelo como antes nem para elaborados penteados e, por isso, cortaram o cabelo à garçonne.

  6. Influência do Oriente • Paul Poiret (que acabou com os espartilhos) aplicou às suas criações uma inspiração oriental e surgem as suas sultanas de calças em balão e os seus vestidos estilo tonel, que vão em linha recta e que apertam nos tornozelos. • Usava nas suas criações cores vibrantes. • Algumas mulheres chegam a usar um elástico entre os dois sapatos para limitar o passo de forma a conseguirem usar vestidos estilo tonel. Criação de Paul Poiret onde é evidente a influência oriental

  7. Moda no desporto • Nos anos 10, a prática de desporto era cada vez mais frequente e influenciou a moda. • Apareceram então os fatos de amazona e os fatos de banho, as calças curtas e abertas de lado para as ciclistas, os guarda-pós, as toucas com véus e gorros com protecção na nuca para as automobilistas e as saias longas e brancas de lã ou de pano para as tenistas. • Em 1913 surge o decote em "V", que foi um escândalo naquela época. Tenista a jogar com uma saia longas e brancas de lã ou de pano

  8. O Fato de 3 peças • Na moda masculina o fato de três peças, que inclui calças, casaco e colete, impera ao longo de toda a década.  • As gravatas foram ganhando cor e no final da década começam a usar-se às listas, para o traje de dia, acompanhadas por chapéus de palha. • Este e o chapéu de feltro eram a regra na década de 10 e nenhum homem saía de casa sem a cabeça coberta. Mesmo os das classes operárias usavam boinas ou o chapéu típico da profissão que desempenhassem. Fatos de três peças criado na época.

  9. Acessórios • As bengalas eram um acessório que todos os homens bem vestidos da década usavam assim como um  bigode, o relógio de bolso, no colete, e o monóculo para quem precisava. • Os sapatos da moda para as senhoras tinham o salto alto e faziam uma curva para dentro. Mais tarde, com a popularização do tango, passaram a ter uma ou tuas tiras cruzadas a atar por cima do peito do pé. E eram assim usados até pelas que não dançavam. Charles Chaplin com a sua bengala

  10. O Design • Nesta área surgem duas tendências dominantes: uma que ressuscita eras passadas e outra no sentido do futuro, dos tempos modernos. • Surge a ideia de que é preciso responder às necessidades da sociedade moderna e criar edifícios funcionais. • Surgem novos materiais como as estruturas em barras de aço nas construções, as lâmpadas incandescentes e o elevador. ≠ Vila Sabóia, LeCorbusier, 1929, França A Casa da Cascata, Frank Lloyd Wright, 1936, EUA

  11. Cria-se o conceito de “openspace”: criar interiores abertos e amplos em que as divisões das diversas áreas são feitas através de estruturas móveis em vez de paredes fixas. • Destacam-se Frank Lloyd Wright e LeCorbusier. • Simplificam-se e amplificam-se os espaços e deixam de existir divisões para um único fim. • Os movimentos artísticos, como o Cubismo, também influenciam o design. Pavilhão alemão, de LudwigMiesvan der Roche

  12. Também aqui se sente a influência oriental: cores fortes, motivos com arabescos… • No pós-Primeira Guerra Mundial os móveis são simples para responder às populações que ficaram desalojadas. • Em 1919 é inaugurada na Alemanha a Bauhaus por WalterGropius, escola de artes muito importante na época. Bauhaus, Alemanha