Download
o que queremos n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
O que queremos PowerPoint Presentation
Download Presentation
O que queremos

O que queremos

109 Vues Download Presentation
Télécharger la présentation

O que queremos

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. O que queremos • Permanência inteligente do jovem e da mulher no campo. • Melhorar a organização comunitária e sindical. • Ampliar acesso a políticas públicas (ATER; Pronaf; PNRA; PNCF). FASE - Conv. 060/2007 SEAGRI SUAF

  2. Objetivo geral • Consolidar o processo de assessoria técnica através da metodologia de Agentes Multiplicadores de ATER – AMA’s, da FASE-BA, gerando conhecimentos em agroecologia; capacitação sócio-técnica; ocupação, renda e cidadania para jovens e mulheres do campo em 08 territórios de identidade da Bahia. FASE - Conv. 060/2007 SEAGRI SUAF

  3. O que vamos fazer - Objetivos • Formação de 262 jovens e mulheres para atuarem como AMA’s – Agentes Multiplicadores de ATER • Conceber, debater e implementar 262 experiências agroecológicas de geração de renda, nas comunidades, a partir de diagnósticos prévios de cada realidade encontrada. FASE - Conv. 060/2007 SEAGRI SUAF

  4. Área de abrangência8 territórios, 41 municípios, 131 comunidades • Sisal – 7 municípios • Portal do Sertão – 5 • Médio Rio de Contas – 2 • Litoral Norte – 5 • Vale do Jiquiriçá – 6 • Baixo Sul – 4 • Extremo Sul – 8 • Vitória da Conquista - 5 FASE - Conv. 060/2007 SEAGRI SUAF

  5. Nosso público • 131 jovens e 131 mulheres – AMA’s • Uma dupla de AMA’s por comunidade = 131 comunidades • Cada AMA vai atuar com 15 famílias, portanto vamos trabalhar com 3.930 famílias FASE - Conv. 060/2007 SEAGRI SUAF

  6. Nossas metas • Realizar 04 oficinas de Formação de Formadores para nivelamento da equipe técnica quanto aos princípios metodológicos do projeto e resultados esperados; • Realizar 08 seminários territoriais para socialização da proposta metodológica, articulação com os demais atores locais e discussão de critérios de seleção dos participantes; FASE - Conv. 060/2007 SEAGRI SUAF

  7. Nossas metas • Capacitar diretamente 262 AMA’s em 8 Territórios, 42 Municípios e 131 Comunida-des, com 120 horas de forma-ção sócio profissionalizante para acessar o PRONAF Jovem e Mulher; • Aplicar e sistematizar 3.930 questionários do Marco Zero; • Implantar sistemas de produ-ção agrícola, pecuário, e não agrícola, nas comunidades dos 262 AMA’s, com ênfase na agroecologia; FASE - Conv. 060/2007 SEAGRI SUAF

  8. Nossas metas • Prestar assessoria técnica coletiva e sistemática direta para 262 AMA’s, e indireta para 3.930 famílias, em 08 Territórios, 42 Municípios e 131 Comunidades; • Elaborar e produzir 02 (dois) cadernos pedagógicos para auxiliar nas atividades modulares (facilitadores), e intermodulares (AMA’s), totalizando 700 exemplares; Elaborar 2.000 propostas de crédito rural investimento / custeio, através da COOTRAF, (PRONAF B, C, D, Jovem, Mulher, Semi-árido, Agroindústria, Agroecologia, Comercialização) FASE - Conv. 060/2007 SEAGRI SUAF

  9. Nossas metas • Elaborar 1000 propostas de custeio para o cultivo de oleaginosas em consorcio com culturas alimentares, através da COOTRAF. • Implantar 262 núcleos de produção nas unidades familiares dos AMA’s; • Consolidar 08 grupos do Crédito Fundiário, e do Nossa Primeira Terra, nos territórios de abrangência do projeto; FASE - Conv. 060/2007 SEAGRI SUAF

  10. Nossas metas • Realizar 12.576 visitas coleti-vas às 3.930 famílias contem-pladas no projeto, em 12 me-ses, sendo 4 visitas coletivas / mês através dos 262 AMA’s; • Realizar 3.144 visitas de as-sessoria técnica nas comuni-dades do jovem e da mulher, através das equipes contrata-das pelo projeto e das entida-des parceiras, sendo 2 visitas por comunidade/mês, durante 12 meses. • Aplicar e sistematizar 3.930 questionários do Marco 1.