1 / 28

Servi os Geol gicos nos tr picos: a experi ncia brasileira

2. Servios Geolgicos. "geological surveys" marca registrada' do desenvolvimento institucional das cincias geolgicas no mundo durante o sculo XIX ? consagrao do mapeamento geolgico como forma de se fazer pesquisa cientfica neste campo disciplinar.. 3. Prticas constitutivas da Geologia"

maxwell
Télécharger la présentation

Servi os Geol gicos nos tr picos: a experi ncia brasileira

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author. Content is provided to you AS IS for your information and personal use only. Download presentation by click this link. While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server. During download, if you can't get a presentation, the file might be deleted by the publisher.

E N D

Presentation Transcript


    1. Servios Geolgicos nos trpicos: a experincia brasileira

    2. 2 Servios Geolgicos "geological surveys" marca registrada do desenvolvimento institucional das cincias geolgicas no mundo durante o sculo XIX ? consagrao do mapeamento geolgico como forma de se fazer pesquisa cientfica neste campo disciplinar.

    3. 3 Prticas constitutivas da Geologia (~ 1800) (Rudwick, 1996)

    4. 4 Servios Geolgicos I Revoluo Industrial + expanso imprios coloniais ? contexto favorvel ao levantamento e cartografia de recursos naturais. Vetor positivo da expanso colonial: ? recursos naturais ? devassamento e apropriao de novas terras. Interior desconhecido = terra de abundncia, Eldorado Fundos territoriais = reas no devassadas; estoques p/ apropriao futura (sertes, fronteiras).

    5. 5 Servios Geolgicos Objetivos: cartografia do territrio, levantamentos de terras para agricultura e projetos de colonizao, levantamentos de recursos naturais, cadastro de propriedades agrcolas, de vias de comunicao e de ncleos urbanos Exemplos nacionais: Gr-Bretanha [(1824) 1832], Canad (1842), Irlanda (1845), Portugal (1848), ustria (1849), Espanha (1851), India (1851), Sucia (1858), Frana [(1825) 1868], Itlia (1868), Hungria (1869), Saxnia (1872), Prssia (1873), Japo (1878), EUA (1879), Rssia (1882), Blgica (1882), Finlndia (1886), China (1911). 126 Servios Geolgicos de 1824 a 1959 = 0,93 / ano

    6. 6 Modelos institucionais de Servios Geolgicos Trao comum: acentuado carter prtico, de aplicao; estatais; financiamento pblico. Prssia: poltica colonial anterior I Guerra Mundial; apoio preparao e implementao da II Guerra Mundial Hungria: mapeamento de solos adequados vinicultura ( Frana: dados para indstria e agricultura Gr-Bretanha: demandas sociais associadas reforma da sociedade vitoriana [Servio Sanitrio]

    7. 7 Modelos institucionais de Servios Geolgicos (EUA) EUA: U. S. Geological Survey criado apenas em 04/03/1879 Estados da federao possuam seus surveys geolgicos: 1 survey norte-americano = Carolina do Norte, 1824 (modelo) auxiliares na ocupao e explorao econmica (agricultura e minerao); praticamente todos os surveys incluram levantamentos e anlises de solos; enriquecimento da vida intelectual da populao Projeto da Comisso Geolgica do Brasil: "l no se espera a populao para explorar uma regio: o gelogo precede o imigrante" (Ch. Fred. Hartt, 1874)

    8. 8 Modelos institucionais de Servios Geolgicos (EUA) (Aldrich, 2000) Atividades realizadas: levantamentos topogrficos e respectivos mapas, mapeamento de rochas, solos e ocorrncias minerais; levantamentos botnicos e zoolgicos voltados agricultura. Intimamente associados s polticas de ocupao dos territrios conquistados no oeste. Um dos principais motores: "o desejo de homens com interesses cientficos de fazerem carreiras por si mesmos". Instituies que se originaram a partir de um nico gelogo contratado pelo governo estadual para desempenhar certas funes e realizar trabalhos considerados de interesse. Apoio de polticos tanto democratas quanto conservadores.

    9. 9 Servios Geolgicos no Brasil Comisso Geolgica do Brasil (CGB) - 1875 Comisso Geogrfica e Geolgica de S. Paulo (CCG-SP) - 1886 Comisso Geogrfica e Geolgica de Minas Gerais (CCG-MG) - 1891 Servio Geolgico e Mineralgico do Brasil (SGMB) - 1907 Contexto brasileiro do final do Imprio e da Primeira Repblica (~ 1870 a 1930): economia agro-exportadora (caf) Problemas: mo-de-obra; vias de transporte; terras. Cientificismo (Positivismo e Evolucionismo)

    10. 10 Comisso Geolgica do Brasil Criada em 30/04/1875 [Ministrio da Agricultura, Comrcio e Obras Pblicas] Providncias ministeriais j em 1873 - 74 para a Carta Mineralgica = minas conhecidas + concesses de explorao: "de grande convenincia o levantamento de uma carta geolgica e mineralgica para que no somente sejam bem conhecidas as riquezas do nosso solo, como tambm se regularize a concesso de minas. Est encarregado dos estudos necessrios para esse servio (...) o ilustre gelogo Ch. Fred. Hartt, professor da universidade de Cornell, (...) A esse distinto professor se reuniro alguns nacionais que, sob sua inteligente direo, podero completar praticamente seus estudos sobre um objeto de tanto interesse para o pas" .

    11. 11 Comisso Geolgica do Brasil . ? Fredericton, New Brunswick (Canad) a 23/08/1840 . ? Rio de Janeiro, RJ (Brasil) a 18/03/1878 . 1863 - Museu de Zoologia Comparativa em Cambridge, Massachusetts . 1865 Expedio Thayer (1867) . 1870 - "Geology and Physical Geography of Brazil" . 1868 1 professor de Geologia na Universidade de Cornell, NY

    12. 12 Comisso Geolgica do Brasil Objetivos: realizar estudos preparatrios para o levantamento de uma carta geolgica do Imprio; dirigir estes estudos de modo a conhecer a estrutura geolgica do pas, sua paleontologia, riquezas minerais e meio de explor-las; completar estes trabalhos com a anlise das rochas, minerais, terrenos e guas que puderem ser aproveitadas; finalmente, estudar a arqueologia e etnologia das tribos existentes, colhendo e classificando amostras que as ilustrem convenientemente.

More Related