html5-img
1 / 16

TICA NA TOMADA DE DECIS O

EMENTA. Conceitos Iniciais Considera

oshin
Télécharger la présentation

TICA NA TOMADA DE DECIS O

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author. Content is provided to you AS IS for your information and personal use only. Download presentation by click this link. While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server. During download, if you can't get a presentation, the file might be deleted by the publisher.

E N D

Presentation Transcript


    1. TICA NA TOMADA DE DECISO

    2. EMENTA Conceitos Iniciais Consideraes sobre tica Retido e Sociedade tica nas Organizaes tica na tomada de deciso e nas negociaes Como fica a tica no processo decisrio? tica e cultura nacional Concluso

    3. CONCEITOS INICIAIS tica a cincia ou campo do conhecimento que trata da definio e avaliao do comportamento de pessoas e organizaes. (MAXIMIANO, 2006) o estudo do modo pelo qual nossas decises afetam as outras pessoas. (STONER ET AL, 1994) Um sistema de regras que governam a ordenao de valores (BATEMAN E SNELL,1998) Todo pensar tico gira em torno de duas questes fundamentais: o que bem e o que mal (ANDRADE ET AL, 2007, p. 10).

    4. CONSIDERAES SOBRE TICA tica nos estudos e na prtica; Obsolescncia planejada, propagandas enganosas, falta de responsabilidade com o prximo, desonestidade nas comunicaes, concorrncia desleal e insiders traders;

    5. Scrates: paradoxo da tica O erro como experincia: Bill Gates Aristteles Alma sensitiva (controle da razo) Maquiavel: meios e fins

    6. Moral: carter particular; tica: carter universal; Consideraes para analisar a tica: Conscincia, meios, interesses e f; Integridade:interesses conflitantes valores que motivam suas condutas (sem aparncia); Retido: constncia e estabilidade nos padres (valores).

    7. RETIDO E SOCIEDADE A RETIDO COMO BASE DA CREDIBILIDADE DAS PESSOAS A RELAO ENTRE O DESVIO DE COMPORTAMENTO E OS TIPOS DE CLIMA ORGANIZACIONAL A TICA EM TODOS OS CAMPOS DO SABER TICA NA RESPONSABILIDADE SOCIAL

    8. TICA NAS ORGANIZAES O QUE UMA EMPRESA TICA? IMPORTNCIA DA TICA NAS EMPRESAS CDIGOS DE TICA EXEMPLO: Princpios ticos do Sistema Petrobras O respeito vida e a todos os seres humanos, a integridade, a verdade, a honestidade, a justia, a eqidade, a lealdade institucional, a responsabilidade, o zelo, o mrito, a transparncia, a legalidade, a impessoalidade, a coerncia entre o discurso e a prtica, so os princpios ticos que norteiam as aes do Sistema Petrobras.

    9. ASPECTOS IMPORTANTES PARA A CRIAO DE UM AMBIENTE DE TRABALHO TICO E SOCIALMENTE RESPONSVEL: - Mecanismos formais para monitorar a tica - Cdigos de conduta - Ampla comunicao sobre tica e responsabilidade social - Liderana pelo exemplo - Encorajar o confronto por desvios ticos - Programas de treinamento em tica e responsabilidade social

    10. TICA NA TOMADA DE DECISO E NAS NEGOCIAES PESSOAS X AMBIENTE TICA E LEGALIDADE TICO E LEGAL ANTITICO E LEGAL TICO E ILEGAL ANTITICO E ILEGAL (EVASO/ELISO) RELAO GANHAR-PERDER USO DA INFORMAO PRIVILEGIADA

    11. PRESSES QUE LEVAM A COMPORTAMENTOS ANTITICOS LUCRO CONCORRNCIA JUSTIA PERFIL DO TOMADOR DE DECISO ANTITICO CONSEQUNCIAS EXEMPLO

    12. COMO FICA A TICA NO PROCESSO DECISRIO Utilitarista As decises so tomadas apenas em funo de seus resultados e conseqncias. A meta proporcionar o melhor para o maior nmero.

    13. Direitos Leva os indivduos a tomar decises coerentes com os direitos e liberdade dos cidados, de acordo com o que prescrevem documentos como a Constituio do pas. Tomar decises que respeitem esses direitos fundamentais. Justia Exigem que as pessoas estabeleam e apiem regras justas e imparciais de maneira que exista uma distribuio eqitativa de custos e benefcios.

    14. TICA E CULTURA NACIONAL Padres ticos globais? Algumas aes comportamentais no possuem um carter geral(global). Reflita sobre as normas e culturas locais.

    15. CONCLUSO Algumas diretrizes para ajudar no processo de tomada de deciso tica. Definir a questo tica claramente Identificar os valores relevantes na situao. Pesar os valores conflitantes e escolher uma opo que os equilibre Implementar a deciso

    16. REFERNCIAS ANDRADE, Rui Otvio Bernardes de; ALYRIO, Rovigati Danilo; MACEDO, Marcelo lvaro da Silva. Princpios de Negociao Ferramentas e Gesto. 2 ed. So Paulo: Atlas, 2007. BATEMAN, Thomas S.;SNELL, Scott. Administrao Management: Construindo vantagem competitiva. 1 ed. Traduo de Celso A. Rimoli. So Paulo: Atlas, 1998. MATTAR, Joo. Filosofia e tica na Administrao. So Paulo: Saraiva, 2004. MAXIMIANO, Antonio Csar Amaru. Teoria Geral da Administrao Edio compacta. So Paulo: Atlas, 2006. REALE, Giovanni; ANTISERI, Dario. Histria da Filosofia Filosofia Pag Antiga Volume 1. 2 ed. So Paulo: Paulus, 2004. ROBBINS, Stephen P. Comportamento organizacional. 11. ed. Traduo de Reynaldo Cavalheiro Marcondes. So Paulo: Prentice Hall, 2005. STONER, James A. F.; FREEMAN, R. Edward. Administrao. 5. ed. Traduo de Alves Calado. Rio de Janeiro: Prentice Hall, 1999.

More Related