São Paulo, 2 de junho de 2006 - PowerPoint PPT Presentation

slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
São Paulo, 2 de junho de 2006 PowerPoint Presentation
Download Presentation
São Paulo, 2 de junho de 2006

play fullscreen
1 / 93
São Paulo, 2 de junho de 2006
206 Views
Download Presentation
karah
Download Presentation

São Paulo, 2 de junho de 2006

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Estratégias e Desempenho do 1T06 CARLOS ZIGNANI Diretor de Relações com Investidores São Paulo, 2 de junho de 2006

  2. AGENDA: Parte I Visão Geral Parte II Visão Setorial Parte III Desempenho Operacional Parte IV Desempenho das Ações Parte V Corporação Marcopolo

  3. Parte I: VISÃO GERAL

  4. A EMPRESA

  5. ESTRATÉGIAS DE ATUAÇÃO • Tecnologia • Linha completa de produtos • Design próprio • Processos/sistemas produtivos • Comercialização/Logística • Presença Global: diversificação de mercados • Produtos customizados • Custos Competitivos • Verticalização • Recursos humanos/treinamento • Economias de escala • Global Sourcing • Crescimento • Novas operações: Rússia e Índia continua ... 5

  6. Rentabilidade • Geração de valor • Governança Corporativa • Nível II • Conselho de Administração • Comitês do Conselho de Administração • Conselho de Herdeiros • Conselho Fiscal • Código de Conduta • Resultados: últimos 5 anos (2000/2005) • Aumento receitas: 2,1 vezes • Aumento produção: 2,0 vezes • Aumento resultados: 4,8 vezes • Aumento valor de mercado: 3,5 vezes • Valorização da ação: 2,5 vezes 6

  7. ESTRUTURA CORPORATIVA

  8. CORPORAÇÃO Acionistas Conselho de Herdeiros Conselho Fiscal Executivo Estratégiae Inovação Conselho de Administração Comitês Auditoria Interna Auditoria e Riscos RH e Ética Auditoria Externa CEO Negócio Ônibus Negócio Plásticos Negócio LCV Negócio Serviços Financeiros Admin. e Finanças Des. Organizacional Aquisição e Logística Estratégia e Des. Negócios Service Providers Negócios

  9. ESTRUTURA NO MUNDO

  10. Fundação agosto de 1949 Localização Caxias do Sul-RS Área construída total 253.091 m² Área total 2.012.000 m² Capacidade de produção (Brasil) 70 un/dia Capacidade de produção (todo o grupo) 110 un/dia Colaboradores (março/2006) 10. 768 Representantes de vendas Brasil 25 Exterior 32 Volare 65 Caxias do Sul 10

  11. POSICIONAMENTO GLOBAL

  12. Golitsino - Rússia Coimbra - Portugal Changzhou - China Monterrey - México Bogotá - Colombia Dharward & Kadhatur - Índia Rio de Janeiro - Brasil Johannesburg - África do Sul Caxias do Sul - Brasil Rio Cuarto - Argentina 12

  13. ESTRATÉGIAS DE CRESCIMENTO

  14. NOVAS OPERAÇÕES

  15. RÚSSIA

  16. 1. OPERAÇÃO RÚSSIA • RÚSSIA • Dados Econômicos: • População 143 milhões • PIB US$ 740,7 bilhões (est.2005) • Território 17,075 milhões de km2 • Km de Estradas 537.300 km • (362.133 km pavimentadas) • Moeda Rublo (+ RUR28 por dólar) • Inflação interna 11% em 2005 • Outros dados Econômicos: • Crescimento do PIB 5,9% em 2005 • Reservas US$ 181,3 bilhões (est.2005) • Dívida externa US$ 230,3 bilhões (est.2005) continua ... 16

  17. RUSPROMAUTO • Dados Econômicos: (faz parte do grupo empresarial SIBAL - Siberian Aluminium) • Receitas anuais US$ 3,0 bilhões • Produtos: Caminhões para diversos usos, veículos comerciais,ônibus e Vans • Ônibus: produção por segmento, em 2004: • Midi 13.700 unidades • Urbanos 2.485 unidades • Escolares 2.300 unidades • Rodoviários 207 unidades = 18.500 unid. • Vans 37.000 unidades continua ... 17

  18. Mercado de ônibus na RÚSSIA • Produção total 25.000 unidades/ano • Produção RUSPROMAUTO 18.500 unidades (entre 5 a 6 mil unidades de rodoviários usados são importados anualmente da Europa) • Market Share RUSPROMAUTO entre 70 e 75% (não inclui Vans) • Dados da JOINT VENTURE • Receitas: • Ano 1 200 unidades US$ 15 milhões • Ano 2 400/500 unid. US$ 30 milhões • Ano 3 750/1.000 unid. US$ 60 milhões continua ... 18

  19. Território de Comercialização: Rússia + Leste Europeu • Produtos Rodoviários • Market Share esperado 20% do mercado de Rodov. • Investimentos US$ 6,5 milhões • Participação da Marcopolo 50% • Administração compartilhada • Componentes para montagem dos ônibus: • Primeiras 200 unidades com componentes Marcopolo-Brasil. A partir de 2007, gradativa nacionalização. • Início das atividades 4º trimestre 2006 19

  20. 2. ÍNDIA

  21. 2. OPERAÇÃO ÍNDIA • ÍNDIA • Dados Econômicos: • População 1,1 bilhão • PIB US$ 720 bilhões (est.2005) • Território 2.970.000 km2 • Km de Estradas 3.850.000 km • (2.411.000 km pavimentadas) • Moeda Rúpia (44,00 por dólar) • Inflação interna 4,6% em 2005 • Outros dados Econômicos: • Crescimento do PIB 8,2% em 2005 • Reservas US$ 145 bilhões (est.2005) • Dívida externa US$ 119 bilhões (est.2005) continua ... 21

  22. TATA MOTORS • Dados Econômicos: (todos relativos ao exercício encerrado em 31.03.05) • Receitas US$ 4,7 bilhões • Margem Operacional 12 a 12,5% • Produtos: Veíc. comerciais e automóveis • Prod. por segmento 190 mil e 179 mil, respectiva- mente, mais 30 mil exportados • Partic. de Mercado 60% e 17%, respectivamente • Outros dados Econômicos: • Nº de Empregados 22.000 continua ... 22

  23. Mercado de ônibus na ÍNDIA(média 2004/2005) • Produção total 45.000 unidades • Produção TATA Motors 22.000 unidades • Market Share TATA entre 48 e 49% • Dados da JOINT VENTURE • Receitas: • Ano 1 US$ 98 milhões • Ano 2 US$ 175 milhões • Ano 3 US$ 290 milhões • Ano 4 US$ 380 milhões • Ano 5 US$ 395 milhões continua ... 23

  24. Território de Comercialização: Índia + mercados de exportação (exceto NAFTA e Pacto Andino) • Market Share esperado 25% • Investimentos US$ 13,3 milhões • Participação da Marcopolo 49% • Administração compartilhada • Componentes para montagem dos ônibus: serão adquiridos/produzidos localmente • Produtos rodoviários, urbanos, micros e miniônibus • Prazo do contrato 10 anos • Margens esperadas semelhantes às da MP • Início das atividades Maio de 2007 24

  25. HISTÓRIA

  26. CRONOLOGIA 1949 Fundação da Nicola & Cia Ltda, em Caxias do Sul - RS. 1961 Primeira exportação da empresa para o Uruguai 1970 Aquisição da Eliziário de Porto Alegre - RS. 1971 Alteração da denominação social para Marcopolo S.A. Carrocerias e Ônibus 1978 Estréia das ações da Marcopolo na Bovespa 1981 Inauguração da Marcopolo unidade Ana Rech com a presença do Presidente da República, Sr. João Figueiredo 1989 Inauguração da MVC Componentes Plásticos, em São José dos Pinhais - PR. 26 continua ...

  27. CRONOLOGIA 1991 Constituição da Marcopolo Indústria de Carroçarias em Coimbra - Portugal Inauguração da Escola de Formação Profissional da Marcopolo 1993 A Empresa do Ano - Diploma recebido em nível nacional - Revista Exame 1998 Inauguração da Marcopolo Latinoamérica em Rio Cuarto - Córdoba, Argentina Lançamento do Minibus Volare Produção do ônibus nº 100 mil 1999 Constituição da Polomex S.A. de CV, em Aguas Calientes - México Comemoração dos 50 anos da Marcopolo S.A. Aquisição da Ciferal, em Duque de Caxias - RJ. 2000 Constituição da Superpolo, Bogota (Colômbia) e Marcopolo South África, Pietesburg (South Africa) Lançamento da Geração 6 2001 Início do projeto de transferência de tecnologia com a cidade de Changzsow - China Instituição do CEMEC - Centro Marcopolo de Educação Corporativa Transferência das instalações da Marcopolo South Africa, para Johanesburg Transferência das instalações da Polomex S/A de CV para Monterrey 27 continua ...

  28. CRONOLOGIA 2002 Adesão ao Nível 2 de Governança Corporativa da Bovespa 2003 Lançamentos da Casa Prática, pela MVC e do ônibus CITMAX, pela Ciferal Recebimento do Troféu BUSBUILDER OF THE YEAR 2004, na BUSWORLD, em Kortrijk - Bélgica 2004 Inauguração da nova linha de montagem da Unidade de Ana Rech pelo Presidente da República, Sr. Luiz Inácio Lula da Silva 55 anos de fundação da empresa, consolidando uma organização com 8 fábricas no segmento ônibus, 5 fábricas de produtos plásticos, mais de 10.000 colaboradores, e rede de comercialização e pós-vendas presente nos 5 continentes 2005 Criação do Banco Moneo S.A. Implementação do Código de Conduta Adoção do Plano de Outorga de Opções de Compra ou Subscrição de Ações aos executivos 2006 Lançamento das novas famílias Sênior, Sênior Midi e Ideale Joint venture na Rússia com a Ruspromauto Joint venture na Índia com a Tata Motors Limited 28

  29. Parte II: VISÃO SETORIAL

  30. DEMANDA DO MERCADO MUNDIAL

  31. A produção é de aproximadamente 214 mil unidades/ano; • Indústria pulverizada: grande número de pequenos fabricantes; • O crescimento da demanda está concentrada em regiões: • em desenvolvimento; • com alta densidade demográfica. • Mercados de primeiro mundo apresentam indústria madura; • Ex: EUA, Europa. • Regiões com forte crescimento populacional tendem a demandar transporte coletivo. Ex: China, Índia, Rússia, Paquistão, Tailândia, Indonésia; • Movimentos de renovação de frota são grandes impulsionadores de demanda. Ex: América Latina, Oriente Médio e África do Sul. 31

  32. R E S U M O 2000 = 214.000 2010 = 291.000 MERCADO MUNDIAL DE ÔNIBUS (UNIÃO EUROPÉIA) EUROPA OCIDENTAL 2000 = 26.000 2010 = 23.000 EUROPA ORIENTAL E ÍNDIA 2000 = 48.000 2010 = 68.000 E.U.A / CANADÁ 2000 = 45.000 2010 = 45.000 COREA DO SUL 2000 = 11.000 2010 = 16.000 JAPÃO 2000 = 7.000 2010 = 6.000 MÉXICO 2000 = 9.000 2010 = 12.000 SUDESTE ÁSIA (FAR EAST) 2000 = 6.000 2010 = 25.000 AMÉRICA CENTRAL E SUL / CARIBE 2000 = 26.000 2010 = 30.000 CHINA 2000 = 33.000 2010 = 59.000 ÁFRICA 2000 = 2.000 2010 = 5.000 AUSTRÁLIA E PACÍFICO 2000 = 1.000 2010 = 2.000 Marcopolo tem 6,5% mercado Mundial Fonte: Daimler Chrysler 32

  33. MARCOPOLO: PRESENÇA MUNDIAL E DESEMPENHO

  34. MERCADOS: PRESENÇA MUNDIAL

  35. PRODUÇÃO BRASILEIRA DE CARROCERIAS PARA ÔNIBUS (em UF’s) E MERCADO EXTERNO (em %) 6,7% 14,0% Fonte: Simefre 35

  36. PARTICIPAÇÃO NA PRODUÇÃO BRASILEIRA (em %) Fonte: Simefre (*) Irizar, Maxibus, Neobus, Mascarello. 36

  37. Parte III: DESEMPENHO OPERACIONAL

  38. DESEMPENHO DO 1T06 3,3% 16.500 -3,8% ME MI 6,5% 1.800,0 -2,7% ME MI MI = Mercado Interno ME = Mercado Externo 2006E = Estimativa 38

  39. DESEMPENHO DO 1T06 -17,8% 5,7% 0,3% 10,9% 2006E = Estimativa 39

  40. DESEMPENHO DO 1T06 29,7% -12,3% 12,0% -13,4% 2006E = Estimativa 40

  41. DESEMPENHO DO 1T06 Composição da Receita Líquida Relação das Receitas no Brasil e ME 1T06 1T06 1T05 1T05 41

  42. DESEMPENHO DO 1T06 -5,9% 18,2% -3,2% 37,3% 42

  43. DESEMPENHO DO 1T06 -3,1% 91,3% -21,5% -38,0% 43

  44. DESEMPENHO DO 1T06 -49,5% -12,7% 2006E = Estimativa 44

  45. RESULTADO CONSOLIDADO 45

  46. Parte IV: DESEMPENHO DAS AÇÕES

  47. DISTRIBUIÇÃO DAS AÇÕES ORDINÁRIAS em 31/03/2006 Controladores: 47

  48. DISTRIBUIÇÃO DAS AÇÕES PREFERENCIAIS em 31/03/2006 Controladores: 48

  49. DESEMPENHO DAS AÇÕES 49

  50. DIVIDENDOS/JUROS S/CAPITAL PRÓPRIO(em R$ milhões) PAY OUT MÉDIO: 46,8% (Controladora) 50