Governo de Estado da Educação Secretaria de Estado da Educação - PowerPoint PPT Presentation

slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Governo de Estado da Educação Secretaria de Estado da Educação PowerPoint Presentation
Download Presentation
Governo de Estado da Educação Secretaria de Estado da Educação

play fullscreen
1 / 128
Governo de Estado da Educação Secretaria de Estado da Educação
244 Views
Download Presentation
osborn
Download Presentation

Governo de Estado da Educação Secretaria de Estado da Educação

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. FORMAÇÃO EM AÇÃO – 2º SEMESTREAvaliações Externas: SAEP e PROVA BRASIL com foco em leitura e resolução de problemas Governo de Estado da Educação Secretaria de Estado da Educação Núcleo Regional Área Metropolitana Norte

  2. Qual a importância de uma avaliação em larga escala? - Auxilia nas definições de Políticas Públicas; - Gera um conjunto de informações, os quais servem como subsídios para a organização da escola: ações de intervenção pedagógica a partir dos resultados; - É um instrumento que consegue medir o rendimento escolar.

  3. - Avaliar a qualidade do ensino ministrado nas escolas do Brasil/ Paraná; - Auxiliar na redução das desigualdades do ensino público nos estabelecimentos de ensino do Brasil/ Paraná; - Oportunizar, por meio da divulgação dos resultados, que o corpo docente, equipe diretiva e pedagógica (re)avaliem o trabalho realizado em seus estabelecimentos de ensino; - Contribuir para o avanço da qualidade da educação, atingindo as metas e políticas estabelecidas pelas Diretrizes da Educação Nacional/ Estadual. OBJETIVOS

  4. PROVA BRASIL E SAEB SAEB: é realizado por amostragem e aplicado para alunos dos 5º anos e 9º anos do E.F e 3º anos do E.M; PROVA BRASIL: avalia todos os alunos da rede pública, matriculados nos 5º anos e 9º anos do E.F.

  5. PROVA BRASIL E SAEB A ProvaBrasil e o SAEB ocorrem por meio de exame BIENAL de proficiência em: - Língua Portuguesa: foco na Leitura; - Matemática: foco na resolução de problemas

  6. PROVA BRASIL E SAEB O exame é organizado pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), em parceria com Secretarias Estaduais e Municipais de Educação. A Prova Brasil e o SAEB constituem a base para a definição do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB).

  7. PROVA BRASIL E SAEB Semelhanças e diferenças

  8. PROVA BRASIL E SAEB Semelhanças e diferenças

  9. PROVA BRASIL E SAEB Semelhanças e diferenças

  10. IDEB (ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA) O IDEB combina dois indicadores: fluxo escolar (taxas de aprovação, reprovação e abandono; e desempenho dos estudantes (avaliação do SAEB e Prova Brasil). PROVA BRASIL: calcula o IDEB de municípios e escolas. SAEB: calcula do IDEB dos estados e IDEB nacional.

  11. EXEMPLO DE DESEMPENHO DE UMA ESCOLA(www.portalideb.com.br)

  12. 235 239

  13. COMO CALCULAR???

  14. MÉDIA NACIONAL E ESTADUAL: IDEB 2011

  15. METAS NACIONAL E ESTADUAL: IDEB 2013

  16. TRABALHAR O CADERNO DE LEITURA DE DADOS DA PROVA BRASIL E VERIFICAR O NÍVEL DE APRENDIZAGEM QUE OS ALUNOS SE ENCONTRAM.

  17. - Divulgados por escola;- Acesso mediante senha, disponibilizada, via e-mail, para o Diretor de cada estabelecimento de ensino participante;- Os resultados apresentam dados referentes ao Estado, Núcleo, Município e Escola, bem como, de cada turma e aluno. Resultados online

  18. OBJETIVOS A Secretaria de Estado da Educação pretende subsidiar cada unidade escolar com informações sobre o desempenho de seus alunos, possibilitando a definição de ações específicas em cada escola, bem como monitorar e formular políticas públicas educacionais mais focalizadas para cada um dos ciclos.

  19. METODOLOGIA Por meio do Sistema de Avaliação da Educação Básica do Paraná – SAEP obtemos informações sobre o desempenho escolar, (testes) e dos fatores que se associam a esse desempenho, (questionários).

  20. Avaliação Interna e Externa AVALIAÇÃO EDUCACIONAL Avaliação Interna/Escola Avaliação Externa/Sistemas Desempenho dos alunos Processo da aprendizagem Provas abertas Provas objetivas Observação/Registro Testes de proficiência Questionários contextuais TEORIA CLÁSSICA TEORIA DA RESPOSTA AO ITEM

  21. Documentos Norteadores Matriz de Referência do SAEB Diretrizes Curriculares Orientadores da Educação Básica do Estado do Paraná LÍNGUA PORTUGUESA e MATEMÁTICA. Caderno de Expectativa de Aprendizagem Matriz de Referência SAEP

  22. Matriz Curricular é constituída por várias dimensões que direcionam o trabalho em sala de aula:

  23. Matriz de Referência de Avaliação é um documento descritivo, escrito por técnicos, e que leva em consideração documentos curriculares oficiais. • A Matriz de Referência para o SAEB/Prova Brasil/SAEP, apresenta um conjunto de conhecimentos que se deseja ver desenvolvidas em estudantes no fim de cada etapa escolar, destaca a dimensão conceitual(noções e conceitos).

  24. IMPORTANTE! • As matrizes de referência representam um recorte das matrizes curriculares feito com base no que pode ser aferido por meio dos instrumentos utilizados na SAEB/Prova Brasil/SAEP. • Elas não englobam todo o currículoescolar e não podem ser confundidas com procedimentos, estratégias de ensino ou orientações metodológicas, pois um recorte é feito com base naquilo que pode ser aferido.

  25. SAEB/PROVA BRASIL/SAEP • As Matrizes de Referência estão subdivididas em tópicos ou temas e estes, em descritores. • O descritoré o detalhamento de uma habilidade cognitiva (em termos de grau de complexidade), que está sempre associada a um conteúdo que o estudante deve dominar na etapa de ensino em análise. • Esses descritores são expressos da forma mais detalhada possível, permitindo-se a mensuração por meio de aspectos que podem ser observados.

  26. Os distratores dão informações para a análise dos níveis de proficiência, na medida em que se procuram focalizar erros comuns nessa etapa de escolarização. • As respostas previstas nos distratores de um item devem ser capazes de dar informações acerca do raciocínio desenvolvido pelo estudante na busca da solução para a tarefa proposta. A análise das respostas dos estudantes permite identificar os erros mais comuns nos diversos níveis de proficiência.

  27. Item

  28. ... Analisando as Matrizes de Referência do SAEP, disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

  29. NESSE MOMENTO, APRESENTAR AS MATRIZES DE REFERÊNCIA DO SAEP LP E MAT

  30. “...o desenvolvimento da competência leitora e escritora é imprescindível para a aprendizagem dos conteúdos de Arte, Ciências, Ed. Física, Geografia, História, L.E.M, Português e Matemática. Essa constatação deveria ser suficiente para que diretores, pedagogos e professores passassem a encarar a leitura e a escrita como o foco de trabalho.” (Bazzoni, 2009)

  31. “Planejar um trabalho integrado que efetivamente desenvolva habilidades de leitura e produção de texto e que proporcione diferentes modos de ler é um desafio. Mas ele pode ser superado com o empenho de diretores, pedagogos e professores de todas as áreas do conhecimento numa escola que coloca a leitura em primeiro plano”. (Bazzoni, 2009)

  32. EXIBIÇÃO DOS VÍDEOS SOBRE LEITURA UFPR

  33. Padrões de Desempenho • São cortes da escala de proficiência e representam uma caracterização do desempenho dos estudantes durante o teste;

  34. Padrões de Desempenho • São utilizados como referencial para interpretação dos resultados; • Categorias estabelecidas: Abaixo do Básico Básico Adequado Avançado

  35. PARANÁ no contexto Nacional

  36. INDICAÇÃO DE PADRÃO DE DESEMPENHO LÍNGUA PORTUGUESA – 9º ANO

  37. INDICAÇÃO DE PADRÃO DE DESEMPENHO MATEMÁTICA – 9º ANO

  38. INDICAÇÃO DE PADRÃO DE DESEMPENHO - MUNICÍPIOLÍNGUA PORTUGUESA – 3º ANO EM

  39. INDICAÇÃO DE PADRÃO DE DESEMPENHO / MUNICÍPIOMATEMÁTICA – 3º ANO EM