Download
aula inaugural 2010 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
AULA INAUGURAL 2010 PowerPoint Presentation
Download Presentation
AULA INAUGURAL 2010

AULA INAUGURAL 2010

176 Vues Download Presentation
Télécharger la présentation

AULA INAUGURAL 2010

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. CENTRO DE ENSINO “VICENTE MAIA” AULA INAUGURAL 2010 São Luís - 2010

  2. CENTRO DE ENSINO “VICENTE MAIA” PROGRAMAÇÃO • Saudações e boas-vindas • Composição da mesa • Entoação do Hino Nacional • Apresentação da equipe • Reflexão sobre os direitos e deveres dos/as alunos/as • Apresentação das ações previstas para 2010 • Sistemática de avaliação • Reprodução de filme

  3. COMPOSIÇÃO DA MESA

  4. ENTOAÇÃO DO HINO NACIONAL

  5. EQUIPE VICENTE MAIA ANA CÉLIA FERREIRA MENDES (Professor de Língua Portuguesa) JOSÉ CARLOS GONÇALVES FILHO (Professor de Língua Portuguesa) JUDITH CARVALHO MORAES (Professora de Língua Portuguesa) ALBERTINHO SOUSA DA MOTA (Professor de Língua Portuguesa) ANA MARIA FERREIRA MATOS (Professora de Língua Inglesa) ROBERTO CARLOS VITORIO DOS SANTOS (Professor de Língua Inglesa) LEDA MARIA CASTRO SERRA (Professora de História) FLÁVIA REGINA S. MARTINS (Professora de História) RAIMUDO MIGUEL CUTRIM (Professor de História) LUCILEY MACHADO MELONIO (Professora de Geografia) JOSÉ DE RIBAMAR LOPES FERREIRA (Professor de Geografia) HILDEGARD GALVÃO DA SILVA (Professor de Matemática) ANA CLÁUDIA MORAES SOUSA (Professora de Matemática) JOSÉ CARLOS FERREIRA (Professor de Matemática)

  6. ELISIO LUIS GONZAGA DA SILVA (Professor de Física) MARIA CHRISTINA SOARES DO PRADO LUI (Professora de Física) LAUDELINO SIMÃO CAMPOS ALMEIDA (Professor de Química) HEBBGLAYDSON L.S. NASCIMENTO (Professor de Química) FRANCISCA MARIA N DA CRUZ (Professora de Biologia) ANA TEREZA (Professora de Biologia) MARIA FRANCISCA T.A. M. RAPOSO (Professora de Sociologia) MARCO ANTONIO CRUZ (Professor de Sociologia) CLAUDIO DE AQUINO N GOMES (Professor de Arte) JOSÉ ROGERIO DE PINHO ANDRADE (Professor de Filosofia) ARENICE FREITAS DA SILVA (Professora de Filosofia) MÁRCIO DUARTE CUTRIM (Professor de Filosofia) LOURIVAL DE LIMA SILVA (Gestor Geral) GENÉSIO ABREU PEREIRA (Gestor Adjunto)

  7. ALBERTINA PEREIRA (Auxiliar de Serviços Gerais) ELIANE PAIXÃO FERREIRA (Auxiliar de Serviços Gerais) FRANCISCA MACIEL ALMEIDA (Auxiliar de Serviços Gerais) GILSON SOARES LINDOSO (Vigia) MARIA DO ROSÁRIO SILVA VIDIGAL (Auxiliar de Serviços Gerais) VICENTINA PINTO BORGES (Secretária) TEREZINHA DE JESUS L SILVA (Auxiliar administrativo) ANTONIO CARLOS SEIXAS AMORIM (Auxiliar administrativo) KATHARINE CAIRES MOUCHEREK (Supervisora Escolar) REGINA MARIA SILVA GALENO (Apoio Pedagógico)

  8. AÇÕES PARA 2010 • Período de Adaptação • Avaliação Diagnóstica • Projeto Professor Conselheiro • Projeto Liderança e Cidadania • Gincana Cultural • Campanha de Combate a AIDS • Projeto Memórias

  9. Reflexão sobre os direitos e deveres dos/as alunos/as Perfil do aluno cidadão: • É assíduo • Cumpre os horários estabelecidos; • Usa uniforme escolar; • Relaciona-se de maneira cordial; • Zela pelo patrimônio/equipamentos da escola; • Realiza as atividades pedagógicas propostas pelo professor; • Participa de forma responsável nas atividades programadas pela escola.

  10. É PROIBIDO ao aluno • Descaracterização do fardamento escolar: uso de boné, roupas inadequadas (minissaia, short, top, miniblusa, roupas de lycra ou muito aderentes ao corpo); • Fumar ou ingerir bebidas alcóolicas nas dependências da escola; • Ocupar-se durante as aulas com atividades alheias às mesmas (sair da sala para transitar pela escola, sair sem autorização da sala de aula, perturbar a aula do(a)professor(a), conversar nos corredores durante o horário de aula, gritar nos corredores);

  11. É PROIBIDO ao aluno • Portar objetos que coloquem em risco a integridade física, moral, individual e coletiva; • Brigar, incentivar os colegas a brigar, brincadeiras com contato físico, namorar (abraçar, beijar); • Danificar os equipamentos da escola, pichar paredes, carteira, mesas ou outras formas de depredação do patrimônio escolar, cabendo à gestão escolar encaminhar o fato à Geape, na forma da lei. Ao aluno maior de 18 anos caberá indenizar a escola pelo dano causado. • Transitar com bicicleta nas dependências da escola.

  12. É PROIBIDO AO ALUNO • O uso de aparelhos sonoros (celular, mp3, rádio e similares) na sala de aula ou nas dependências da escola. O aluno que desobedecer a esta norma será convidado a entregar o aparelho à gestão, professores ou funcionários e o objeto confiscado será entregue apenas ao final do turno, acompanhado por registro do ocorrido; Obs.:No caso do uso de celulares, mantê-los no modo silencioso e atender ligações somente fora da sala de aula, com anuência do professor; • Acessar orkut e msn no laboratório de informática, salvo se por orientação do professor; • Desrespeitar funcionários, professores e coordenadores.

  13. Sanções disciplinares • Em caso de desobediência às regras de número 1 a 7 o aluno receberá... • Na primeira vez: advertência verbal; • Na segunda vez: advertência verbal e escrita em dossiê; • Na terceira vez: suspensão de 3 dias letivos e o aluno assinará termo de responsabilidade; • Na quarta vez: de acordo com a gravidade do caso, e após análise do conselho escolar, poderá ser dada a transferência.

  14. ORIENTAÇÕES SOBRE A SISTEMÁTICA DE AVALIAÇÃO NO ENSINO MÉDIO

  15. SISTEMÁTICA DE AVALIAÇÃO ENSINO MÉDIO • Notas de 0 a 10 • Análise qualitativa do desempenho por eixos de competências; • Recuperação Paralela; • Novo Momento Avaliativo; • Promoção: média anual 7,0; • Reprovação: inferior a 7,0 após novo momento avaliativo;

  16. PROMOÇÃO • O aluno estará aprovado se obtiver nota igual ou superior a 7,0(sete) por componente curricular, na média final, obtendo frequência mínima de 75% das 800 horas na série correspondente; • Após o novo momento avaliativo será aprovado o aluno que obtiver a nota igual ou superior a 7,0 (sete). Entretanto se essa nota não for alcançada o professor poderá fazer uma análise da situação do aluno, de forma individual e no coletivo e ajuizar um valor condizente a essa análise, desobrigando-se de decidir a condição final do aluno por meio da média aritmética;

  17. REPROVAÇÃO • O aluno será considerado reprovado se não obtiver média mínima de 7,0 no novo momento avaliativo; • A média do novo momento avaliativo não será somada com a média anual, ela é decisória para o resultado final; • OBS: No caso específico da 8ª série do EJA e 3ª série do EM tem o direito de prestar exame junto ao Centro de Educação de Jovens e Adultos –CEJA, em até dois componentes curriculares. • Alunos que não obtiverem freqüência mínima de 75% do comput das 800 horas.

  18. ALGUMA DÚVIDA? • Fique a vontade para perguntar! • Amanhã continuaremos, com a apresentação das principais propostas para o ano de 2010!