Download
max weber n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
MAX WEBER PowerPoint Presentation

MAX WEBER

132 Views Download Presentation
Download Presentation

MAX WEBER

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. MAX WEBER 1864-1920

  2. OBJETO DA SOCIOLOGIA – A AÇÃO SOCIAL Diferentemente de Durkheim, o ponto de partida da sociologia de Weber (1864-1920) não estava nas entidades coletivas, grupos ou instituições. Seu objeto de investigação é a ação social, a conduta humana dotada de sentido ou motivo, isto é, de uma justificativa subjetivamente elaborada. O sentido ou motivo da ação individual deve envolver ou referir-se a outros indivíduos: daí o seu caráter social. A ação de escrever uma carta para alguém é, por exemplo, uma ação social, pois quem escreve tem um motivo, no qual outras pessoas estão envolvidas.

  3. A SOCIEDADE: RESULTADO DAS AÇÕES SOCIAIS Para Weber, a sociedade existe concretamente, mas não é algo externo e acima das pessoas, e sim o conjunto das ações dos indivíduos relacionando-se reciprocamente. Assim, Weber, partindo do indivíduo e de suas motivações, pretende compreender a sociedade como um todo. Cada sujeito age levado por um motivo que é dado pela tradição, por interesses racionais ou pela emotividade. O motivo que transparece na ação social permite desvendar o seu sentido, que é social na medida em que cada indivíduo age levando em conta a resposta ou a reação de outros indivíduos. Ex.: O tráfico de drogas (fato social) resulta da ação de vários indivíduos: quem planta, quem prepara, quem vende, quem consome etc.

  4. AÇÃO E RELAÇÃO SOCIAL Weber distingue a ação da relação social. Para que se estabeleça uma relação social é preciso que o sentido da ação seja compartilhado. Por exemplo, um sujeito que pede uma informação a outro estabelece uma ação social: ele tem um motivo e age em relação a outro indivíduo, mas tal motivo não é compartilhado. Numa sala de aula, em que o objetivo da ação dos vários sujeitos é compartilhado, existe uma relação social. A escola, nesse sentido, só existe porque muitos indivíduos orientam reciprocamente suas ações num determinado sentido, no caso estudar, aprender, ser aprovado no vestibular etc. Desse modo, a existência da escola está vinculada a determinados tipos de relações sociais que os indivíduos praticam.

  5. TIPOS DE AÇÃO SOCIAL 1ª) Ação tradicional:  é a ação que é guiada pela obediência aos hábitos, costumes, crenças aprendidas, que estão fortemente enraizados na vida do indivíduo. Este tipo de ação é mais ou menos inconsciente, e geralmente não é questionada, já que o indivíduo imagina que agir de tal maneira é correto porque as coisas sempre foram daquele jeito. Ex.: Cerimônias de casamento, festas de formatura, festas de fim de ano, soltar foguetes durante a Copa do Mundo, fazer discursos durante a festa de aniversário, cantar o “parabéns pra você” etc.

  6. 2ª)  Ação afetiva: é uma ação baseada mais no estado emocional da pessoa do que em meios racionais. As emoções são uma força muito grande no que diz respeito à motivação do comportamento humano. Exemplos: - Mudar de escola porque os amigos, de quem se gosta muito, também o farão; - Não ir a uma festa porque um inimigo estará lá;

  7. 3ª) Ação racional com relação a valores: ação determinada pela crença num valor considerado importante, independente do êxito desse valor na realidade. É a ação pela qual se busca um objetivo que, em si mesmo, pode até não ser racional, mas que é perseguido por meios racionais. Exemplos: • Participar de alguma instituição beneficente com o simples propósito de servir ou ajudar; • A ação de um terrorista que, após longo planejamento, detona uma bomba num mercado.

  8. 4ª) Ação racional com relação a fins: pode ser definida como uma ação na qual o meio utilizado para atingir um objetivo é sempre e totalmente racional. Nesse caso, a ação não é orientada por um sentimento ou por um valor pessoal, mas por um fim objetivamente estabelecido. Esse tipo de ação também é chamado de ação tecnocrática e caracterizam as sociedades capitalistas industrializadas modernas. Exemplos: - Ajudar famílias carentes a fim de ser eleito vereador; - “Puxar saco” do chefe para tentar melhorar o cargo na empresa.