Download
a natureza dos recursos naturais n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
A Natureza dos Recursos Naturais PowerPoint Presentation
Download Presentation
A Natureza dos Recursos Naturais

A Natureza dos Recursos Naturais

189 Vues Download Presentation
Télécharger la présentation

A Natureza dos Recursos Naturais

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. A Natureza dos Recursos Naturais

  2. Quais são os Recursos Naturais? De onde vem? Que precisa alem das matérias primas?

  3. As Leis da Termodinâmica A primeira lei limite o tamanho físico do sistema econômico Não pode faze algo da nada O único ‘algo’ disponível são os recursos da natureza

  4. As Leis da Termodinâmica A segunda lei nos disse que as coisas caem em pedaços e virem resíduos. Toda produção exige baixa entropia, e gera resíduos de alta entropia Entropia baixa tem que ser dividida entre a criação e manutenção do capital natural e o capital manufaturado Tem um estoque finito de baixo entropia acumulado Energia solar e o limite final no tamanho físico da economia

  5. Quanto energia solar e capturado nos EUA? (O que e a produção primaria líquida?)

  6. A quarta lei da termodinamica Entropia afeita a matéria também Controvérsia sobre a teoria Realística na pratica 100% reciclagem é provavelmente impossível

  7. O recurso escasso ultimo e matéria-energia de baixa entropia Conclusão:

  8. Recursos de Baixo Entropia que Vem da Natureza Recursos abióticos Combustíveis fosseis Minerais Água Terra Energia solar Recursos bióticos Bens ecossistêmicos Serviços ecossistêmicos Capacidade de absorver resíduos

  9. Quais são as características dos recursos escassos relevantes à alocação?

  10. Recursos de Estoque-Fluxo(matérias primas, bens ecossistêmicos) Elementos estruturais das ecossistemas (estrutura ecossistêmica) Produção = transformação material Uso = depleção O meu uso deixa menos por você usar Taxa de fluxo pode ser controlado Escolhemos a taxa de consumo dos combustíveis fosseis Caracterizado por risco

  11. Recursos fundo-serviço(serviços ecossistêmicos, terra, máquinas, mão de obra) Estrutura gera função = serviços ecossistêmicos Não transformado no ato de produção Meu uso não necessariamente deixa menos por você usar Geração dos serviços deixa o fundo qualitativamente esgotado, não quantitativamente. Energia solar espontaneamente restaura os fundos- serviços da natureza Taxa de uso não pode ser controlado F-S da natureza caracterizado por incerteza e ignorância.

  12. Exemplo de uma Pizzeria O cozinheiro é estoque-fluxo ou fundo- serviço? O fogão é estoque-fluxo ou fundo- serviço? Que acontece se o preço da mão de obra sobe? Os ingredientes da pizza são estoques-fluxo ou fundos-serviço? Que acontece se o preço dos ingredientes suba?

  13. E AÍ? Extração da matéria prima degrada os serviços ecossistêmicos Emissão de resíduos degrada serviços ecossistêmicos Os serviços ecossistêmicos incluem funções de apoio a vida Não podemos tratar serviços ecossistêmicos e bens ecossistêmicos independentemente — alocação eficiente tem que considerar os dois ao mesmo tempo E-F e F-S não são substitutos

  14. Macro-alocação Quanto estrutura ecossistêmica pode ser convertida a produção econômica, e quanto tem que ser conservada para gerar serviços ecossistêmicos?

  15. Exclusividade • Regime de recursos exclusíveis • Uma pessoa pode prevenir outra sobre o uso do recurso • Necessário para os mercados existirem • Em geral, E-F sao potencialmente exclusíveis • Não-exclusíveis • Não existe direitos de propriedade • Não se pode cobrar pelo uso • Alguns recursos são não-exclusíveis por natureza. Nenhum deles e essencialmente exclusível.

  16. Rivalidade • Recursos rivais • O uso por um indivíduo diminui a disponibilidade para outro indivíduo • Todos os recursos E-F são rivais • Recursos não-rivais • O uso por um indivíduo não diminui a disponibilidade para outro indivíduo • O racionamento através de preços é ineficiente • Todos os recursos não rivais são F-S • Característica nata do recurso, não como resultado de instituições

  17. Qual e a instituição apropriada? Sem direitos de propriedade Direitos de propriedade Regime de livre acesso: Bens ecossistêmicos sem proprietário, capacidade de absorção de resíduo não regulado (CO2 nos EUA) Oferta: Precisa de governo ou outra instituição que pode regular acesso Consumo: racionamento Bem de mercado: Muitos bens ecossistêmicos, capacidade de absorção de resíduo regulado (ex. CO2 na Europa) Mercado possível, mais não necessariamente desejável Rival Concorrência Mercado ineficiente (tragédia dos não comuns): informação patenteada, biodiversidade (informação genética) Deve ter provisão cooperativa. Governo não deve proteger monopólio Bem puramente publico: a maioria dos serviços ecossistêmicos,informação não patenteada Oferta: Provisão cooperativa (Governo ou outras instituições) Consumo: Livre acesso Não Rival Cooperação

  18. Excludability Excludable resource regime One person can prevent another from using the resource Necessary for markets to exist Non-excludable No enforceable property rights due to technology or social institutions Can’t charge for use Some resources non-excludable by nature. None are inherently excludable. Excludability is a product of institutions.

  19. Rivalness Rival Goods My use leaves less for you to use All ecosystem goods are rival Non-rival (or non-depletable) My use does not leave less for you to use Marginal cost for additional user = 0 Efficient allocation: Price = marginal cost of production All non-rival resources are services Non-rival but congestible Do such resources exist? Rival or non-rival is an innate characteristic of the good, not a result of institutions

  20. Rivalness (cont.) Non-rival but congestible Non-rival as long as few people use it, becomes rival with excessive use Empty planet vs. full planet

  21. So What? Excludable Non-Excludable Open Access Regime: Oceanic fisheries, timberetc. from unprotected forests, waste absorption capacity Market Good: cars, houses, land, oil, timber, waste absorption capacity? Rival Tragedy of the non-commons: patented information, e.g. energy efficiency, pollution control tech. Pure Public Good: Information, most ecosystem services, e.g. climate stability, coastline protection, life support functions, etc. Non-rival Toll Good, club good:Roads, parks, beaches, etc. Non-rival congestible Free Rider Problem